Câncer tem cura. Previna-se

Elefante marinho aparece em praia da Serra

Um inusitado visitante acabou parando na praia de Capuba em Jacaraípe, município da Serra. O elefante marinho filhote, se chama Fred e apareceu nesta manhã, de sábado (31). Os moradores acionaram as autoridades para que fossem verificar as condições do animal, que estava com algumas cicatrizes.

Segundo o ambientalista Claudiney Rocha do Instituto IBRAFF, se trata do Fred, um Elefante Marinho que já apareceu outras vezes no ES sendo uma vez na Enseada das Garças e umas duas vezes em Vila Velha.  O animal ainda não é adulto, está com a tromba em crescimento e não possui chip de monitoramento, mas foi reconhecido por ele pelas cicatrizes. 

Fred está sendo atendido pelo IPRAM e pela POLÍCIA AMBIENTAL, foi medicado e agora é necessário que ele volte sozinho para o mar. Segundo Claudiney, os órgãos não poderão ficar no local e ele vai tentar arranjar pessoas de confiança para vigiar o animal até ele ir embora.
Sargento Soares/Guarda Municipal da Serra
"O "Fred" está sendo avaliado por médicos veterinários e biólogos, que o monitoram desde 2014. Saberemos o dia em que for necessário capturá-lo,esperamos que nunca. Mas no momento, ele é capaz de se locomover normalmente, se defende quando nos aproximamos e se cobre com areia quando sente calor. Ele só precisa de descanso, e a melhor decisão no momento é deixá-lo repousar em paz. Estaremos acompanhando sua estadia no ES a uma distância respeitosa, fazendo fotografias, e os banhistas também devem ter essa postura" recomenda o ambientalista.

Ainda segundo o instituto, é provável que ele apareça nos próximos dias em outras praias do estado. Caso isso aconteça, a população deve ligar para o Ipram ou para o monitoramento de praias da Petrobras no 0800 039 5005. 

Alguns detalhes:
.
- Ele não está morrendo.
- Não é preciso capturá-lo e jogá-lo na água.
- Não é preciso levá-lo ao cativeiro para tratamento.
- Não se deve realizar aproximação desnecessária.
- Não se deve aproximar com animal de estimação.
- Não se deve aproximar com crianças (seja um adulto responsável!).
- Não é preciso ficar jogando baldes de água nele (isso só irá estressá-lo).

- Não é preciso alimentá-lo de nenhuma forma (ele só come o que ele mesmo caça, e dentro da água).
Tecnologia do Blogger.