Chamada Pública Escolar 2017: pré-matrícula pode ser solicitada até sexta-feira (06)

Os estudantes e pais/responsáveis devem ficar atentos. As solicitações de pré-matrícula da rede pública estadual podem ser solicitadas até sexta-feira (06), no site da Sedu - www.educacao.es.gov.br, no banner Chamada Pública Escolar 2017. A pré-matrícula é destinada para o Ensino Regular, Educação de Jovens e Adultos (EJA) e todas as unidades do Programa Escola Viva.
Podem solicitar vaga na rede estadual estudantes matriculados nas redes públicas municipais, federal ou privada e também estudantes que não estejam matriculados em qualquer uma das redes de ensino.
É importante ressaltar que para solicitar a pré-matrícula é preciso preencher até cinco opções de unidades escolares onde deseja ingressar. A distribuição das vagas segue os critérios adotados pela rede estadual, em ordem de prioridade: estudante com deficiência, transtornos globais do desenvolvimento e altas habilidades ou superdotação; estudante que reside próximo à unidade escolar pleiteada, desde que tenha vaga; estudante que tenha irmão(s) estudando nessa unidade escolar, desde que tenha vaga, e aluno com menor idade. O estudante que não tiver acesso à internet, pode se dirigir a uma das escolas estaduais, em todo Estado, para fazer sua solicitação de matrícula.

 “As escolas da rede estadual estão abertas para todos os cidadãos. Todo o processo de matrícula será realizado pela internet para facilitar o acesso. A Chamada Pública é um esforço comum para que todos os alunos estejam regularmente matriculados”, destaca o secretário de Estado da Educação, Haroldo Rocha.
O processo de matrícula, conhecido como Chamada Pública Escolar, tem como objetivo assegurar o acesso dos estudantes às unidades públicas que oferecem o Ensino Fundamental e Médio e a sua permanência no processo de escolarização. O processo de organização de matrículas compreende as seguintes etapas: Rematrícula; Transferência Interna; Pré-Matrícula; Divulgação do Resultado e Efetivação da Matrícula.
A rematrícula ou a transferência interna já foram realizadas no período de 05 a 18 de dezembro, na qual o estudante assegura a sua vaga com a rematrícula, considerando a etapa ou a modalidade de ensino em que ele se encontra. Ou permanece na rede pública estadual, porém solicita ingressar em outra escola, com a Transferência Interna.
Caso algum estudante não tenha solicitado a rematrícula ou a transferência interna, no período devido, terá chance de solicitar uma nova vaga na etapa de pré-matrícula.
Novas unidades Escola Viva
Mais de 10 mil estudantes vão estudar em tempo integral em diversos municípios do Estado. No total, 17 unidades do programa Escola Viva estarão em funcionamento, em 2017, nos municípios: Afonso Cláudio, Cachoeiro de Itapemirim, Cariacica, Colatina, Ecoporanga, Guaçuí, Iúna, Linhares, Montanha, Muniz Freire, Pedro Canário, São Mateus, Serra, Vila Velha e Vitória.
Na Grande Vitória, a Escola Presidente Castelo Branco, em Cariacica, será a primeira Escola Viva exclusivamente de Ensino Fundamental. A unidade vai ofertar 490 vagas para estudantes do 6º ao 9º ano. Já em Vila Velha, serão três novas unidades em funcionamento em 2017. A Escola Cobilândia, no bairro de mesmo nome, com 640 vagas para estudantes do 9º ano do Ensino Fundamental e das 1ª, 2ª e 3ª séries do Ensino Médio; a Escola Assisolina Assis de Andrade, em Aribiri, que abrirá 640 vagas, para estudantes dos 7º, 8º e 9º anos do Ensino Fundamental e das 1ª, 2ª e 3ª séries do Ensino Médio; e a Escola Estadual Profª. Maura Abaurre, que fica no bairro Vila Nova, com 480 vagas para o estudante do Ensino Médio.
No Norte do Estado, no município de São Mateus, a escola Marita Motta Santos será contemplada com a Educação em Tempo Integral. Lá, serão ofertadas 650 vagas para estudantes dos 8º e 9º anos do Ensino Fundamental e das 1ª, 2ª e 3ª séries do Ensino Médio. Em Linhares, a escola Bartouvino Costa vai abrir 625 vagas para os 8º e 9º anos do Ensino Fundamental e as 1ª, 2ª e 3ª séries do Ensino Médio. Em Colatina, a Escola Conde de Linhares é a que vai atender 520 alunos também do Ensino Médio em tempo integral. Em Pedro Canário, serão 480 vagas para alunos das 1ª, 2ª e 3ª séries do Ensino Médio, na escola Manoel Duarte Da Cunha. Em Montanha, será Escola Viva a Elpídio Campos de Oliveira, para estudantes dos 8º e 9º anos do Ensino Fundamental e das 1ª, 2ª e 3ª séries do Ensino Médio, com 570 vagas.
Já no Sul do Estado, o programa Escola Viva vai atender estudantes das 1ª, 2ª e 3ª séries do Ensino Médio, nas escolas Monsenhor Miguel de Sanctis I, em Guaçuí, com 560 vagas, e na Henrique Coutinho, em Iúna, com 600 vagas para o 9º ano do Ensino Fundamental e o Ensino Médio. Na Escola Afonso Cláudio, que fica bairro São Tarcísio, em Afonso Cláudio, serão ofertadas 640 vagas para estudantes das 1ª, 2ª e 3ª séries do Ensino Médio.
Além disso, haverá também a ampliação das vagas nas cinco unidades que já estão em funcionamento. Para 2017, serão abertas mais 920 vagas, sendo 300 vagas na Escola Viva São Pedro, em Vitória; 150 na Escola Viva Joaquim Beato, na Serra; 230 na Escola Viva Daniel Comboni, em Ecoporanga; 90 na Escola Viva Braúlio Franco, em Muniz Freire; e 150 na Escola Viva Francisco Coelho Ávila Junior, em Cachoeiro de Itapemirim.
Os estudantes interessados em estudar nas unidades em tempo integral também deverão solicitar a matrícula em uma das unidades no site da Sedu - www.educacao.es.gov.br, dentro do período de Chamada Pública Escolar.
Chamada Pública Escolar 2017
Pré-matrícula
Período: até 06 de janeiro
A Pré-matrícula da rede pública estadual é o período em que o estudante com idade mínima de 06 anos completos ou a completar até 31/03/2017 tem para cadastrar a solicitação de vaga.
O período da Pré-matrícula ocorrerá até o dia 06 de janeiro. Nesta etapa, podem solicitar vaga na rede estadual estudantes matriculados nas redes públicas municipais, federal ou privada e também estudantes que não estejam matriculados em qualquer uma das redes de ensino.
A Pré-matrícula deverá ser solicitada, dentro do prazo, no site da Sedu – www.educacao.es.gov.br, no banner Chamada Pública Escolar 2017.
O estudante que não tiver acesso à internet, pode se dirigir a uma das escolas da rede pública estadual para realizar a sua solicitação de matrícula.
É importante ressaltar que para solicitar a Pré-matrícula é preciso preencher até cinco opções de unidades escolares onde deseja ingressar. A distribuição das vagas segue os critérios adotados pela rede estadual, em ordem de prioridade: estudante com deficiência, transtornos globais do desenvolvimento e altas habilidades ou superdotação; estudante que reside próximo à unidade escolar pleiteada, desde que tenha vaga; estudante que tenha irmão(s) estudando nessa unidade escolar, desde que tenha vaga, e aluno com menor idade.
Quem solicitou a Pré-matrícula deverá conferir o resultado da solicitação no dia 30 de janeiro, no site da Sedu – www.educacao.es.gov.br, no banner Chamada Pública Escolar 2017.
Efetivação da matrícula com a participação das famílias
Período: 30 de janeiro a 03 de fevereiro
A efetivação da matrícula deverá ser realizada no período de 30 de janeiro a 03 de fevereiro.
Para efetivação da matricula, é necessário que os pais/responsáveis, ou o próprio aluno quando maior de idade, compareçam na secretaria escolar da unidade na qual a vaga foi localizada e apresentem cópias dos documentos relacionados abaixo:
- Certidão de nascimento ou de casamento;
- Histórico escolar ou declaração de conclusão de série/ano;
- Comprovante de residência original como IPTU, fatura de energia, de água, de telefone, de contrato de locação;
- Título de eleitor e certificado de alistamento militar (sexo masculino) para os alunos maiores de 18 anos;
- Laudo médico para os alunos com deficiência e com transtornos globais do desenvolvimento.
- RG e/ou CPF, caso o aluno possua;
Tecnologia do Blogger.