Mais de 40% de redução no número de mortos em acidente de trânsito diz PRF

A Polícia Rodoviária Federal do Espírito Santo (PRF-ES) divulgou o balanço Natal e Réveillon, nesta segunda-feira (02), e o resultado foi positivo segundo o órgão. 

O Trabalho da PRF baseado em estudos sobre números e locais onde ocorrem mais acidentes, possibilitou otimizar a utilização do efetivo em pontos e horários mais críticos.

Houve uma redução de 27% de ocorrências de acidente de trânsito e uma redução de mais de 40% do número de mortos, comparado ao mesmo período do ano de 2015.

Foram autuados 3.530 veículos por diversas infrações durante o período que abrange do Natal ao Réveillon. As autuações com abordagem sempre seguem com a devida orientação tanto sobre a infração e quanto a forma correta.

Observa-se que a maioria das infrações cometidas foi por ultrapassagens indevidas e excesso de velocidade, causa preocupante visto que ambos fatores são apontados como principais causadores de acidentes. Foram realizados um grande número de testes do “Bafômetro” e o resultado foi pequeno, menos de 1% apresentou embriagues ao volante. E dessas 19 ocorrências, 6 resultaram em crime de trânsito.

Educação para o trânsito

Além da orientação a cada motorista abordado na fiscalização de rotina da PRF (dentro do serviço normal), foram realizadas Campanhas de Educação para o Trânsito, ou seja, campanhas educativas temáticas com um efetivo especializado e em pontos dentro e fora das rodovias federais, como por exemplo o Cinema Rodoviário. 

Houve boa recepção pelo público, que nesse tipo de abordagem interage com o policial e aprende sobre segurança no trânsito. 

Algumas informações importantes:

De 23/12/2016 a 01/01/2017, foram fiscalizados mais de 5 mil veículos e mais de 5 mil pessoas, que circularam pelas rodovias federais do Espírito Santo. * Foram recolhidas 35 (trinta e cinco) Carteiras de Habilitação. 

Outras ocorrências constatadas:

- entregar direção de veículo automotor a pessoa não habilitada; 
- violação da proibição de se obter habilitação; 
- uso de documento falso; 
- porte ilegal de arma de fogo; 
- porte de drogas; 
- fuga do local de acidente sem prestar socorro; 
- prisão de indivíduos com mandado de prisão em aberto.
Tecnologia do Blogger.