Câncer tem cura. Previna-se

Pipas: diversão para uns, perigo para outros

O final de semana chegou e muitas cenas como essas são comuns nos bairros da Serra. Diversos jovens e até mesmo adultos soltando pipas. Mas o que é diversão para uns pode ser tornar um problema grave para outros. Pois a linha das pipas normalmente contém um composto muito perigoso, o cerol.

"Essas linhas soltas pelo ar de maneira irregular podem causar acidentes graves e até mesmo morte de motoqueiros e de pessoas em bicicleta, que por não verem a linha acabam tendo o pescoço decepado" alerta Cabo Porto.

Cabo Porto dá algumas dicas para quem solta pipas e para os motoqueiros: ao soltar pipas, não use cerol, pois a sua diversão não pode se tornar um risco para outros. Os motoqueiros podem tomar ações para sua segurança também, como colocar antenas nos guidões das motos, para evitar que as linhas tenham contato com o pescoço.

"Também é necessário que respeitem as leis de trânsito e andem com total atenção, pois só assim teremos um trânsito tranqüilo e livre de acidentes, que muitas vezes podem ser fatais", frisa.

O dono de revenda de motos Ésio Cauvet alerta, que a mídia deveria divulgar ainda mais sobre o perigo destes acidentes, que acontecem principalmente no período de férias. “A mídia deveria estar batendo mais em cima disso, porque o motociclista não tem o cuidado de usar este acessório, e quando acontece uma fatalidade dessas, eles ficam receosos e correm para uma loja para instalar a antena”, comentou. O lojista ainda revelou que clientes dele passaram no local onde um motociclista foi morto por uma linha de pipa e não tinham a antena instalada em seus veículos, mas decidiram instalá-la. “Quatro clientes meus passaram pelo local do acidente e nenhum deles tinham a antena instalada. Após lembrarem a cena do acidente, eles vierem temerosos para instalar o acessório em suas motos”, concluiu.
Tecnologia do Blogger.