Câncer tem cura. Previna-se

Projeto “Alerta do Pânico” é proposto por vereador

O projeto foi protocolado e encaminhado para votação na sessão plenária

Os moradores da Serra e os funcionários que trabalham no sistema de transporte estão pedindo socorro ao poder público em face a onda de assaltos, que estão ocorrendo e tirando o sossego de quem usa o transporte público. Em face a isso o Vereador Cabo Porto, protocolou nesta quinta-feira (19), o Projeto de Lei “Alerta do Pânico”, que tem por objetivo acabar com os assaltos aos coletivos. “Nossa principal bandeira é a Segurança Pública, pois todos têm direito de ir e vir com segurança e vamos lutar para que isso ocorra”, explica o vereador.

“Outros pontos que levantamos para justificar esse projeto, são os dados dos assaltos que estão ocorrendo em nossa cidade. De acordo com as informações passadas pelo Comando de Polícia Ostensiva Metropolitano – 6º BPM, no ano de 2016 ocorreram 278 roubos a coletivo no município” explica Cabo Porto.

Ainda sobre os dados passados pela PM os horários com maior incidência são: entre 18h e 00h com 54%, 12h e 18h com 27% de incidências. E os horários com menor: 06h e 12h com 13% e 00h e 06h com 6% de incidência. “Eu mesmo, antes de entrar para essa Casa de Leis, já participei dessas ações e já impedi assaltos em andamento e sei da importância de dar mais segurança a nosso povo”, afirma.

Sobre os Bairros que sofreram mais assaltos estão: Carapina 23, Nova Carapina I 19, Feu Rosa 17, Jardim Limoeiro 16, Campinho da Serra I 15, Jardim Tropical 13, Parque Residencial Laranjeiras 12 ocorrências, no ano de 2016. “Mesmo com toda a ação realizada pela Polícia Militar, totalizando 2368 operações de abordagens a transportes coletivos, não foram suficientes para conter a violência nos mesmos, por isso faz-se necessário a aprovação deste projeto de lei”, finaliza o vereador.

Tecnologia do Blogger.