Câncer tem cura. Previna-se

Resultados Operacionais de 2016 das Unidades Especializadas da Polícia Militar

Como esperado, as Unidades Especializadas da Polícia Militar do Espírito Santo produziram resultados cada vez maiores no esforço da manutenção da ordem pública para os capixabas. Através do Comando de Polícia Ostensiva Especializada (CPO-E), a Polícia Militar presta conta dos resultados das operações realizadas no ano de 2016 pelo Batalhão de Missões Especiais (BME), pelo Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran), pelo Batalhão de Polícia Ambiental (BPMA), pelo Regimento de Polícia Montada (RPMont), pela Companhia de Polícia de Guarda e pelo Batalhão de Ronda Ostensiva Tática Motorizada (Rotam).

Durante o ano de 2016 foram recuperados 132 veículos com restrição de furto ou roubo, apreendidas 376 armas e 4.563 munições. No incessante combate de retirada de drogas das ruas em 2016 foram aproximadamente 32.578 buchas e 498 quilos de maconha, 17.778 pedras e 81 quilos de crack, 16.557 e 47,7 quilos de cocaína. Foram retirados de circulação 1.984 infratores através de apreensão ou detenção.

Dentre as atividades específicas desenvolvidas pelas unidades, destaca-se o número de fiscalizações realizadas pelo BPMA somando-se mais de 20 mil atendimentos a denúncias, ocorrências e crimes constatados de ações de agressão ao meio ambiente, com embargo imediato da atividade ilegal.

Outra unidade especial que também se destacou na difusão de doutrina foi o batalhão Rotam, que durante o ano realizou o nivelamento técnico-profissional de todos os Grupos de Apoios Operacionais (GAO) das unidades de policiamento de área, buscando melhorar a performance dos policiais militares que atuam nesses GAO’s.

O Regimento de Polícia Montada, além das atividades de policiamento, promoveu eventos assistenciais e sociais como a equoterapia que atendeu 40 pacientes em 400 sessões durante o ano além de 16 outros eventos como visitas, recreios em quartéis. Na área de trânsito o destaque foi para operações diárias de fiscalização da Lei Seca com 2.900 intervenções.

Ainda tivemos um ganho significativo para o Comando com a transferência da Rotam para a nova base, o retorno do BME para a sede da unidade em instalações provisórias e o retorno do próprio CPOE ao QCG, onde se instala definitivamente.
Além das atividades operacionais o CPO-E promoveu durante o ano instruções de educação física conjunta entre as unidades com o objetivo de interação, culminando com a primeira olimpíada do CPO-E realizada na praia de Camburi onde fechou com êxito o planejamento de interação lúdico-profissional previsto para o ano.

Tecnologia do Blogger.