Câncer tem cura. Previna-se

144 mortos em 9 dias, diz Sindipol

O Sindicato dos Policiais Civis do Espírito Santo (Sindipol) divulgou novo balanço, que aponta uma queda no número de homicídios no Estado após a volta parcial dos policiais militares às ruas. Neste domingo (12) o sindicato contabilizou 4 mortes, totalizando 144 nos nove dias de crise de segurança. No sábado (11), foram registrados 12 homicídios no estado.

Balanço do sindicato divulgado na sexta-feira (10) às 17h apontava 121 homicídios até então no estado. No mesmo horário no sábado, o número subiu para 138 - com o registro de 17 mortes em 24 horas.
Nas 24 horas seguintes, até as 17h deste domingo, o sindicato registrou 6 homicídios. O período contempla a volta parcial dos policiais às ruas, que começou por volta das 16h de sábado.

Desde o início da crise, a Secretaria de Estado da Segurança Pública (Sesp-ES) não divulga números de homicídios.
Mesmo com a volta dos PMs às ruas, equipes das Forças Armadas e da Força Nacional seguem reforçando a segurança no estado. São 3.130 homens, mais de 180 veículos, 3 helicópteros, 7 blindados, segundo informou o ministro da Defesa Raul Jungmann.


Tecnologia do Blogger.