Câncer tem cura. Previna-se

Obras de esgotamento sanitário em Pinheiros

Os serviços de saneamento básico são essenciais e promovem condições para o desenvolvimento sustentável. O Governo do Estado, por meio da Cesan (Companhia Espírito Santense de Saneamento), assinou, nesta quinta-feira (23), a ordem de serviço para as obras de complementação do Sistema de Esgotamento Sanitário em Pinheiros, no Norte do Espírito Santo. O evento foi realizado na Loja Maçônica Fenelon Barbosa, em Pinheiros, e contou com a presença do vice-governador César Colnago; do diretor-presidente da Cesan, Pablo Andreão e do prefeito do município, Arnóbio Pinheiro Silva. 
Também estiveram presentes os prefeitos de Montanha, Iracy  Baltar; Ponto Belo,  Sérgio Murilo; Boa Esperança,  Lauro Vieira; e o vice -prefeito de Nova Venécia, Adelson Salvador, representantes da sociedade e técnicos da Cesan.
Para Colnago, a obra tem um significado muito importante para a população de Pinheiros. “Ao tratar o esgoto, há a prevenção e melhoria da saúde do cidadão, valorização dos imóveis que tem sua ligação feita à rede, e os rios da região são preservados. Esta é uma obra de extrema relevância para toda a região”.
Na abertura da solenidade, o mestre de cerimônias, Fábio Teixeira, apresentou a história do rio Jundiá,  que atravessava a cidade e fazia parte do ciclo de vida do local, com mulheres lavando roupas à beira rio e os moradores aproveitando dele para o lazer. "Hoje sua história está na memória,  mas pode se tornar parte do futuro da cidade, com a sua revitalização,  graças ao esgotamento sanitário no município”.
Serão investidos R$ 3,8 milhões na complementação do sistema. As obras terão início ainda no primeiro semestre deste ano e têm prazo previsto de 18 meses para conclusão. “A preservação do meio ambiente, assim como a coleta e tratamento do esgoto, é uma parceria entre o Poder Público e a sociedade civil, que resulta na saúde das pessoas. Só assim é possível haver desenvolvimento”, afirmou o diretor-presidente da Cesan, Pablo Andreão.
Andreão citou a letra do hino da cidade em sua parte "plantar com convicção", dizendo ser esta a marca deste Governo. "A austeridade fiscal é o que sabemos que tem que ocorrer em nossas casas. É uma filosofia de vida, não só de um Governo ou de uma empresa. Informo aqui que há 10 meses estávamos com 19 obras paradas. Hoje estamos com todas retomadas, e isso se deve à gestão estratégica na Companhia e no Governo".
Em Pinheiros foram construídos 5.232 metros de rede coletora, e a complementação terá duas estações elevatórias de esgoto bruto e uma Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), que será capaz de tratar mais de 3 milhões de litros de esgoto por dia, que serão lançados nas redes da Companhia. Poderão ser interligadas 405 unidades  prediais, beneficiando, com a rede já construída, um total de 13.742 moradores.
“O desenvolvimento é um processo de mudança para melhor qualidade de vida para o maior número possível de pessoas”, reforçou Andreão.
Os benefícios relativos à saúde da população e ao meio ambiente, após a conclusão das obras, são inúmeros. Com isso, a Cesan reafirma o seu compromisso em melhorar e ampliar os serviços prestados aos municípios atendidos pela Companhia.
Tecnologia do Blogger.