Câncer tem cura. Previna-se

Professor capixaba é o único do Brasil entre os finalistas do Global Teacher Prize

 professor Wemerson da Silva Nogueira, de 26 anos, está entre os 10 finalistas do Global Teacher Prize, considerado o Prêmio Nobel da Educação. A organização divulgou a informação na noite desta terça-feira (21). Ele é o único brasileiro finalista.

O resultado será divulgado no evento Global Education and Skills Forum 2017, em Dubai, no dia 19 de março de 2017. O vencedor ganhará um prêmio no valor de US$ 1 milhão. Independente do resultado, Wemerson disse que já se considera um vencedor.
"Estou muito honrado com isso. Ficar entre os 10 melhores do mundo é uma alegria tão grande porque eu percebo que consegui dar valor a profissão que escolhi pra minha vida. Toda a trajetória que desenvolvi nesses cinco anos teve um significado, que agrega grandes valores para mim e para meus alunos. O valor monetário do prêmio tem peso, mas a indicação pelo reconhecimento do meu trabalho tem um valor que me fortalece", disse.
De acordo com a organização do prêmio, Wemerson da Silva Nogueira foi escolhido entre milhares de candidatos de 179 países e apenas 37 nações estão representadas entre os finalistas.
O objetivo do programa é premiar o educador que tenha alcançado excelentes resultados com projetos desenvolvidos em sala de aula e que resultaram na melhoria das notas e da frequência dos alunos, com ações em prol da comunidade e projetos voltados à tecnologia.
Global Teacher Prize
A premiação Global Teacher Prize é uma das maiores do planeta e destaca a importância da profissão de educador e simboliza o fato de que professores em todo o mundo merecem ser reconhecidos e celebrados.
Os dez finalistas, que serão escolhidos dentre os 50 selecionados, ganharão um convite para participar do Global Education and Skills Forum 2017, em Dubai, no dia 19 de março de 2017. O vencedor da iniciativa ganhará um prêmio no valor de US$ 1 milhão.
O Príncipe Harry, da Inglaterra, fez uma homenagem ao trabalho dos professores do mundo inteiro, nesta terça-feira. Confira na íntegra:
“Além de ensinar a ler, escrever e aritmética, os melhores professores vão além das páginas dos livros para ensinar aos jovens sobre determinação, ambição, resiliência e compaixão. Todos enfrentamos obstáculos e desafios em nossas vidas e nossos professores exercem um papel crucial para nos preparar para esses altos e baixos.
Os finalistas do Prêmio de Professor Global deste ano vêm de todos os cantos do mundo, do Ártico Canadense ao Quênia e Paquistão. Mas uma coisas eles todos têm em comum: despertam a curiosidade nas crianças e nutrem os sonhos que podem transformar o mundo para melhor.
Gostaria de concluir parabenizando todos os finalistas. Além de professores excepcionais, vocês são os exemplos que apoiam, inspiram e moldam as vidas das crianças. Seu trabalho é tão importante que não acho que seria exagero dizer que vocês estão construindo o futuro.”
Outros Prêmios
Em 2014, Wemerson ganhou o prêmio Sedu Boas Práticas pela inovação em sala de aula.
Além disso, os projetos ambientais de Wemerson lhe renderam o Prêmio Educador Nota 10, que é entregue aos 10 melhores professores do Brasil.
Com os fundos do prêmio, Wemerson quer ajudar os alunos que são financeiramente prejudicados, treinar professores, continuar seus próprios estudos e construir um laboratório de ciência e tecnologia.
Tecnologia do Blogger.