Câncer tem cura. Previna-se

Santa Leopoldina monitora e combate o aedes aegypti

A equipe de Vigilância em Saúde, da Secretaria Municipal de Saúde iniciou na última terça-feira (31), a instalação de 10 armadilhas para monitorar e identificar o aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya. Os equipamentos foram distribuídos na Sede, Barra de Mangaraí, Funil, Cocal e Vila Nova. 

Texto e foto: Christian do Nascimento
Com o trabalho será possível mapear onde estão os possíveis criadouros, além de identificar o mosquito – que será recolhido e enviado para análise. Os dados serão registrados num sistema que estará disponível no Mapa de Infestação. 

A ação faz parte do programa Monitoramento Integrado do Aedes aegypti, em parceria entre o Governo do Estado e os municípios. O objetivo através do programa é identificar os pontos de proliferação do mosquito e viabilizar a forma mais eficiente de combatê-lo. 



Combate 

A Secretaria de Saúde conta com o apoio de toda população para fortalecimento do combate ao aedes. Por isso, é importante manter o quintal sempre limpo, não deixar água parada em plantas, limpar sempre o pote de água dos animais, tampar devidamente a caixa d’água e realizar o descarte correto do lixo. 


Tecnologia do Blogger.