Vacinas contra febre amarela que teriam sido furtadas de Santa Leopoldina reaparecem

De acordo com o delegado do município, os frascos estavam na câmara fria, exatamente onde elas deveriam estar. Polícia investiga possível erro de contagem dos funcionários

As 750 doses de vacina contra a febre amarela que teriam desaparecido do posto de saúde de Santa Leopoldina, na região serrana do Estado, foram encontradas nesta sexta-feira (03). Segundo o delegado do município, os frascos estavam na câmara fria, exatamente onde elas deveriam estar.


Funcionários da unidade de saúde deram falta das doses da vacina na última terça-feira (31), quando chegaram para trabalhar. Por causa disso, a Secretaria Municipal de Saúde registrou um boletim de ocorrência na delegacia de Santa Leopoldina.

Inconsistências

As vacinas reapareceram nesta sexta-feira no mesmo lugar onde estavam antes de terça. De acordo com o delegado, a Polícia Civil está investigando o caso e trabalha com duas hipóteses: a de que houve erro de contagem por parte dos funcionários ou que realmente houve o furto e o material foi devolvido.

A Polícia Civil informou que, pelos registros, houve abertura da câmara fria, local onde as vacinas ficam armazenadas. O caso está sendo investigado pela delegacia do município. De acordo com a Prefeitura de Santa Leopoldina, o ocorrido não afetou o cronograma de vacinação na cidade.

Tecnologia do Blogger.