Câncer tem cura. Previna-se

Dia Internacional da Felicidade é comemorado nesta segunda-feira (20)

O Dia Internacional da Felicidade foi criado em 2012, pela assembleia geral da Organização das Nações Unidas (ONU), reconhecendo a relevância da felicidade e do bem-estar como metas universais e inspirações para políticas públicas em todo o mundo.

A criação da data foi inspirada em uma reunião das Nações Unidas, em abril de 2012, sobre o tema “Felicidade e Bem-Estar: Definindo um Novo Paradigma Econômico”. Na ocasião, foi debatida a iniciativa do Butão, país asiático que reconheceu a supremacia da felicidade nacional sobre a renda desde o início dos anos 1970 e adotou a meta da “Felicidade Nacional Bruta”, acima do Produto Interno Bruto (PIB).

Este ano a data é comemorada pela segunda vez. Para tanto, ação da ONU lembra a importância do conceito de felicidade para o fim de conflitos e da pobreza no mundo. Nesta quinta-feira (20), em mensagem pelo dia (leia íntegra em inglês), o secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, defendeu que a felicidade não seja negada a nenhuma pessoa, sendo tratada como uma aspiração implícita na Carta das Nações Unidas para a promoção da paz, justiça, direitos humanos, progresso social e melhor padrão de vida.
Ban Ki-moon considerou que é tempo de transformar promessas em ações pelo fim da pobreza, pela inclusão social e harmonia entre culturas – conceitos que estão na base da felicidade.

A Fundação ONU celebra o Dia Internacional da Felicidade com uma parceria com o produtor musical Pharrell Williams. Desde o dia 10, pessoas de qualquer país podem enviar vídeos demonstrando sua felicidade ao ouvir a música dele, "Happy", que concorreu ao Oscar de Melhor Canção Original. Os melhores vídeos são publicados em um  site especial dedicado à data. 
Tecnologia do Blogger.