Câncer tem cura. Previna-se

Governador faz visita técnica ao Sistema de Abastecimento de Água Reis Magos

O Sistema de Abastecimento de Água Reis Magos, no município de Serra, entrará em etapa de testes em maio, e o reforço no fornecimento de água ocorrerá no período necessário, previsto para o segundo semestre de 2017. Uma comitiva liderada pelo governador Paulo Hartung realizou uma visita técnica ao local na manhã desta sexta (24).
Durante a visita, o governador ressaltou que esse investimento está conectado com um conjunto de ações e medidas desenvolvidas pelo Poder Executivo Estadual na busca por soluções e alternativas para otimização, preservação e aumento de produção dos recursos hídricos.
"Esse complexo é muito importante porque ele desafoga o sistema Santa Maria da Vitória, que atua no abastecimento da Região Metropolitana da Grande Vitória e está sobrecarregado. Reis Magos vai tirar a pressão e melhor abastecer a população, principalmente da região metropolitana norte que está em crescimento", afirmou o governador Paulo Hartung.
O investimento é de cerca de R$ 70 milhões e vai beneficiar diretamente 150 mil pessoas e indiretamente 700 mil, considerando que diminuirá a sobrecarga sobre o Sistema Santa Maria da Vitória. As obras já estão 90% prontas. O financiamento é do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e beneficiará a região de Serra Sede e entorno, com influência inclusive na região do Civit.
“Esta obra é histórica na Grande Vitória, pois adiciona uma nova captação de água, promovendo segurança hídrica ao sistema Santa Maria da Vitória”, afirma o diretor-presidente da Cesan, Pablo Andreão.
O projeto consiste em captação de água no Rio Reis Magos, adutora de água bruta, elevatória de água bruta, estação de tratamento de água, reservatório de água tratada de cinco milhões de litros, elevatória de água tratada e adutora de água tratada de 15 quilômetros, com diâmetro de 700 milímetros, que alimentará o reservatório localizado em Serra Sede.
O novo sistema vai reforçar o abastecimento do município com uma produção inicial de 500 litros de água por segundo. Vale ressaltar que a obra, inicialmente, estava prevista para 2020 no Plano Diretor de Água e foi antecipada em cinco anos, com início em 2015.
“O prazo foi arrojado, e não foram medidos esforços para sua execução, sendo que a obra entra em fase de testes em maio”, afirma Andreão.  O objetivo sempre foi que Reis Magos estivesse operando no ano de 2017.
Clique aqui e confira fotos da obra. Crédito: Pedro Dutra/Secom-ES
Clique aqui e confira fotos da visita. Crédito: Leonardo Duarte/Secom-ES
Tecnologia do Blogger.