Internautas indagam mendigos nas ruas de Aracruz

Tem se tornado cada dia mais comum ver mendigos próximo ao Banco da Caixa, no centro de Aracruz. Uma internauta publicou nas redes sociais, na última terça-feira (14), que um grupo de mais de 10 pessoas em situação de rua estavam no local. E disse na postagem que é triste ver a situação desses pessoas.



De acordo com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Trabalho (SEMDS), 16 moradores de rua são cadastrados junto ao Centro de Referência Especializado de Assistência Social de Aracruz (CREAS), e são acompanhados diariamente por uma equipe formada por técnicos e assistentes sociais. Essas pessoas que se encontram nas ruas permanecem nesta situação por diversos motivos, tais como: vício em drogas e fragilização dos vínculos familiares.

Além disso, de acordo com a SEMDS, treze desses moradores de rua possuem família residindo no município, enquanto outros três são oriundos de outras localidades e aguardam liberação do auxílio da Passagem Social para retornarem para casa. A Secretaria de Desenvolvimento Social e Trabalho (SEMDS) realiza o acompanhamento semanal destes assistidos de forma a garantir o que preconiza a lei, no que tange a garantia de direitos.

A secretaria também informa que está desenvolvendo um projeto de horta comunitária, que vai possibilitar a inserção destes moradores de rua em acompanhamento de saúde mental e desenvolvimento cultural, de forma a amenizar os sofrimentos vivenciados por esta população. A SEMDS ressalta também que com essa inserção, os assistidos poderão estar participando de cursos motivacionais e de capacitação. No entanto, não é dever das equipes interferir nas escolhas realizadas pelos assistidos. Cabe a secretaria ofertar oportunidades e garantir os direitos de todos em situação de risco e vulnerabilidade social.
Tecnologia do Blogger.