Câncer tem cura. Previna-se

Iridologia: O que os olhos revelam sobre possíveis doenças

A Iridologia funciona como uma ferramenta pré-diagnóstica, que auxilia a detectar possíveis doenças. Em uma consulta, o paciente é examinado com uma ferramenta chamada de iridoscópio, com a qual o iridólogo vai poder ver mais de perto a íris do paciente. “Esse exame não é doloroso, muito menos invasivo. Com o iridoscópio o iridólogo pode ver a íris em seus mínimos detalhes. Através de modernos recursos de captura de imagens, depois o exame pode ser transferido para o computador, no qual ele consegue aumentar as imagens e ver o resultado com maior precisão” explica a iridologista Gabriela Amorim.

Através da iridologia, é possível detectar perturbações orgânicas, nutricionais, metabólicas, nervosas, hormonais e até mesmo, certas patologias. Essa técnica é simples, não é agressiva e ainda é econômica, diferente de outros testes de laboratório que muitas vezes são caros e demorados.

A iridologia observa tudo que envolve a íris para dar o pré-diagnostico. As cores, pigmentações, fendas, estrias, anéis, tudo é analisado. “Em sua configuração, a íris é única. Entretanto, os mesmos tipos de sinais se repetem em homens e mulheres. Um exemplo disso são os órgãos sexuais, que em ambos os casos correspondem à mesma área do mapa iridológico” explica Gabriela.

Para saber o que significa cada característica encontrada na íris, é necessário consultar um iridólogo. Ele vai analisar o tipo de sinal e onde se encontra na íris para poder dar um pré-diagnóstico. É esse especialista que vai conseguir identificar quais são os pontos fortes e fracos da saúde do paciente. “Através do exame, o iridólogo pode analisar diferentes aspectos da saúde, como a energia vital, predisposição ao envelhecimento, acúmulo de toxinas, graus de mineralização, fraqueza dos órgãos e aparelhos, potencialidade de recuperação do organismo, níveis de estresse e os níveis de saúde” afirma.

Indicações da iridologia

A iridologia é indicada praticamente para todas as pessoas, com exceção de crianças que tenham menos de 6 anos. Como ela atua de forma preventiva, seria adequado fazer esses exames mais como um check up, para poder ver como anda a sua saúde. “Lembrando que, caso seja encontrado algum problema de saúde, o mesmo deve ser ainda investigado, já que a iridologia é apenas um pré-diagnóstico, serve como base, não um resultado exato” reforça a iridologista.


Outro aspecto positivo é que não há contraindicações quanto à iridologia. Como a técnica é praticamente inofensiva, não existe problema nenhum em fazer os exames - até mesmo os idosos os podem realizar.
Tecnologia do Blogger.