Câncer tem cura. Previna-se

Policiais civis prendem suspeito de descumprir medida protetiva em Vitória

A equipe do Distrito Policial de Atendimento a Mulher (DPAM) de Vitória, sob comando da delegada Juliana Saadeh, prendeu, nessa segunda-feira (20), um homem suspeito de descumprir as medidas protetivas que sua ex-companheira, de 24 anos, e a mãe dela, de 46 anos, possuíam contra ele.

R.C.O., de 27 anos, foi detido na Ilha do Príncipe, em Vitória. A delegada informou que ele possuía três inquéritos policiais na Delegacia por crime de lesões corporais na forma da Lei Maria da Penha, ameaça e descumprimento de medidas protetivas. “Além de ameaçar a ex-mulher, ele também ameaçava a mãe dela. Em agosto do ano passado, ele ficou 16 dias preso por descumprir uma das medidas protetivas que o impedia de ter qualquer contato com as vítimas ou de se aproximar delas. Após obter o alvará de soltura, ele passou a ameaçar novamente mãe e filha por não aceitar o fim do relacionamento”, disse.

A delegada disse que, em janeiro e na última sexta-feira (17), mãe e filha voltaram até o DPAM e registraram outros dois boletins de ocorrências. “Diante dos novos fatos apresentados, solicitamos a juíza da Vara Especializada de Violência Doméstica, a expedição do mandado de prisão preventiva em desfavor do suspeito”, afirmou Juliana.

Após prestar depoimento, R.C.O. foi encaminhado para o Centro de Triagem de Viana (CTV).
Tecnologia do Blogger.