Câncer tem cura. Previna-se

Projeto Imanência abre seleção para mediadores culturais

Até a próxima quinta-feira, dia 30, estão abertas as inscrições para pessoas interessadas em atuarem como mediadores da etapa expositiva do Projeto Imanência. Além do preenchimento da Ficha de Inscrição, faz parte a seleção uma entrevista presencial que será realizada na manhã deste sábado (01), no Raiz Forte Espaço de Criação, espaço cultural localizado na Escadaria do Rosário, no Centro de Vitória.

Partindo da discussão sobre a importância da estética capilar para a estética cultural negra, o Imanência faz uso da co-criação para evidenciar a relevância do fenótipo negro na formação da sociedade brasileira e, dessa forma, contribuir com o combate ao racismo escolar. A Exposição Imanência será a segunda etapa deste projeto e ficará aberta entre os próximos dias 18 de abril e 18 de maio também no Raiz Forte Espaço de Criação. Sob a forma de voluntariado e mediante certificacão, os Mediadores selecionados atuarão na execução da proposta de arte-educação do Imanência sendo os responsáveis pelo atendimento dos visitantes durante o período expositivo. 

Etapa anterior
A primeira parte do Imanência consistiu em uma Imersão com educadores que colaboraram com a criação de conteúdos visuais e multimídias que também integrarão a Exposição. Os encontros dessa etapa aconteceram nos dias 16, 18 e 23 de março e contaram com cerca de 30 participantes que debateram conceitos como identidade, subjetividade, negritude e branquitude.

Interessada em ampliar seu repertório de discussões sobre racismo escolar, a professora de educação infantil Tamiris Souza de Oliveira esteve presente na Imersão: “é evidente que existem muitas práticas racistas e preconceituosas dentro da escola e, enquanto professora, tenho a responsabilidade de contribuir para superá-las. A partir de tudo que a gente discutiu, a Imersão nos deu motivação para buscar uma escola com uma representatividade mais colorida. Temos que ser sensíveis a essa questão no cotidiano da escola, seja numa fala, seja num comportamento, não temo como isso passar despercebido”.

O racismo é uma das maiores causas dos problemas dos alunos negros. Consciente dessa realidade, a escola pode intervir para eliminar o racismo institucional. É apostando nessa possibilidade que o Projeto Imanência faz uso de processos co-criativos para sensibilizar a respeito da temática étnico-racial e contribuir para combater o racismo no ambiente escolar. 

Raiz Forte + Macunaímas
O Imanência é resultado da parceria entre outras dois projetos: o Raiz Forte e o Macunaímãs, e todas as suas ações acontecerão no Raiz Forte Espaço de Criação, que fica situado na Escadaria do Rosário, no Centro de Vitória. Esta iniciativa conta com recursos do Fundo Estadual de Cultura do Espírito Santo, por meio de projeto contemplado pelo Edital nº 002/2016 - Valorização da Diversidade Cultural, e conta com o apoio da Secretaria de Estado de Direitos Humanos, do programa de rádio Afro-Diáspora e do Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros da Ufes.

A parceria entre o Macunaímãs (www.macunaimas.com.br) e o Raiz Forte (www.projetoraizforte.com.br) se deu em 2016, no Museu Capixaba do Negro, ocasião em que essas duas iniciativas promoveram a capacitação de 26 arte-educadores da Grande Vitória. Dessa experiência e inspirada na pluralidade étnico-racial brasileira, foi desenvolvida a coleção de imãs para geladeira: “Macunaímãs Raiz” que é composta por quatro kits de personagens com adereços e formas que possibilitam inventar cabelos e penteados, além de ser uma alternativa para a falta de produtos dessa natureza no universo dos brinquedos.

Inscrição de Mediadores Culturais
Até quinta-feira (01/04) - link para FICHA DE INSCRIÇÃO de Mediadores Culturais: http://bit.ly/2mBNQSi

PROJETO IMANÊNCIA:

Etapa 1 – Imersão do Imanência: educadores desenvolvidos em contextos visuais e multimídias diversos e convidados a pensar formas de mediar os efeitos do racismo no cotidiano escolar.
- Quando aconteceu: Turma 01 – 16 e 23 de março, das 8 às 12h / Turma 02 – 18 de março, das 8 às 17h.

Etapa 2 – Exposição Imanência: aberta ao público em geral, a exposição deverá provocar interações com o visitante com o uso de recursos multimídia, além de apresentar a reconstrução das experiências dos educadores vivenciadas durante a Imersão.
- Quando: 18 de abril a 18 de maio

Local: Raiz Forte Espaço de Criação – Escadaria do Rosário – Centro – Vitória

Site do Projeto Imanência: https://sites.google.com/view/imanencia/

Tecnologia do Blogger.