Sindiplast-ES articula projeto de Mestrado sobre aproveitamento de resíduos

Da esquerda para direita: Superintendente do Sindiplast-ES, Agostinho Miranda Rocha; empresário Darci Torres, do grupo Fortlev; Mestrando Leonardo Andrade; supervisor industrial da Afort, Willian Alexandre; e professor Doutor do Ifes, Kingston Soares

O Sindicato da Indústria de Material Plástico do Espírito Santo (Sindiplast-ES) acaba de dar um passo importante e inédito para se aproximar do universo acadêmico. A entidade, em parceria com a associada Afort, do grupo Fortlev, está articulando a realização de um projeto de Mestrado no Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes) sobre desenvolvimento e aproveitamento de resíduos.

O projeto será orientado pelo professor e pesquisador Doutor Kingston Soares, da área de materiais poliméricos do Ifes, tendo como aluno o instrutor facilitador da Escola Senai do Plástico Leonardo Cruz de Andrade.

O trabalho será marcado pela realização de uma pesquisa aplicada no setor de Plásticos do Estado, permitindo a aproximação da Escola do Plástico com a academia, o desenvolvimento do corpo técnico da escola e o atendimento ao setor com desenvolvimento e implementação de tecnologias sustentáveis.

“Essa experiência será de grande importância para todos os envolvidos. A aproximação da indústria de Plásticos com o meio acadêmico é algo que o Sindiplast-ES almeja há bastante tempo e só tende a contribuir com o desenvolvimento do setor, novas tecnologias e inovação para o mesmo”, afirma o presidente do Sindiplast-ES, Gilmar Regio.
Tecnologia do Blogger.