“A única coisa que fere é manhã pós-amor” é o novo livro de Aline Dias

Depois de um verão intenso na Bahia, Aline Dias retornou a Vitória com vários escritos, que logo ela tratou de reunir em um novo livro. “A única coisa que fere é manhã pós-amor” é uma jornada sobre o amor, que se arrisca entre a prosa e a poesia. A obra será lançada no dia 19 de abril, às 19h, no Bar Grappino, no Centro de Vitória.

Esse é o terceiro livro de Aline Dias, que se difere dos outros por ser mais intimista, “mais coração e menos matemático”, como explica a própria autora. As vivências durante a viagem viraram material literário para a obra, até a foto de capa foi tirada na Bahia. “Trata-se de uma celebração ao amor. A coisa mais sentimental que eu já escrevi. Um risco para esta escritora matemática cada vez menos racional”, diz Aline.

A temática do livro passeia sobre várias nuances que vão desde os primeiros encantamentos, os medos, os choros, os risos, rejeição, ciúmes, mergulhos profundos e a descoberta de novos universos. A obra, lançada pela editora Cousa, tem 63 páginas e será vendida por R$ 15,00.

A autora
Aline Dias nasceu em Cachoeiro de Itapemirim, em 1988. Publicou “Vermelho” (2012), “Além das Pernas,” (2015) e organizou a coletânea “Sem a Loucura não Dá” (2017), com contos inspirados em músicas de Sergio Sampaio. Aprendeu a chorar este ano e acredita no amor.

Serviço
Lançamento “A única coisa que fere é manhã pós-amor”
Dia: 19/04, às 19 h
Local: Grappino RangoBar, Rua Gama Rosa, 128. Centro Vitória


Tecnologia do Blogger.