Câncer tem cura. Previna-se

Aprenda a abrir seu próprio negócio com curso do Ocupação Social, em Vila Nova de Colares

As inscrições para o projeto Comunidade Empreendedora, que será ofertado em Vila Nova de Colares, na Serra, se encerram na próxima terça-feira (02). Quem não quer perder a oportunidade de aprender a abrir o próprio negócio tem ainda quatro dias para participar da seleção. É só acessar o site www.direitoshumanos.es.gov.br e fazer a inscrição.

As aulas são oferecidas pelo Sebrae-ES, que está com 30 vagas disponíveis para a comunidade. E ainda há inscrições abertas para os bairros Planalto Serrano, na Serra; Flexal II, em Cariacica; e Aviso, em Linhares.

Podem participar quem tem a idade mínima de 16 anos e mora ao menos no município onde o curso será realizado. Os prazos de inscrição, os locais das aulas e o início das atividades são diferentes para cada bairro e estão disponíveis no link do formulário, acessado por meio do site.
Foto: Assessoria de Comunicação/Sedh

Formação

O curso acontece em duas etapas e é focado em ajudar os jovens a aprender os passos que ele precisa seguir para realizar o sonho em ser dono do próprio negócio, ensinando o básico do empreendedorismo e orientando os alunos a desenvolverem suas ideias em projetos consistentes, sempre com o auxílio de profissionais.

As aulas serão realizadas em espaços cedidos pelas comunidades. Em Vila Nova de Colares, por exemplo, elas vão acontecer no Centro Social Calasanz, que fica na Rua Alfredo Galeno, n° 98.

Parceria

As ações do Sebrae-ES são desenvolvidas em bairros do Ocupação Social, sempre em parceria com a Secretaria de Estado de Direitos Humanos (SEDH), coordenadora do programa. As atividades visam levar conhecimento e oportunidade até regiões de alta vulnerabilidade social.

O Ocupação Social está em 25 bairros de nove municípios do Estado, com ações em Vila Velha, Cariacica, Serra, Vitória, Cachoeiro de Itapemirim, Colatina, São Mateus, Linhares e Pinheiros. As áreas atendidas são as que concentram, historicamente, o maior número de homicídios, além de serem regiões de alta vulnerabilidade social.

Entre os objetivos do programa estão a redução da taxa de homicídios entre jovens, especialmente entre os que têm de 15 a 24 anos idade, que são as principais vítimas de crimes contra a vida; a diminuição da evasão escolar e a ampliação do percentual de jovens estudando e/ou trabalhando.
Tecnologia do Blogger.