Leonardo de Castro é eleito presidente da Findes


O industrial Leonardo de Castro (à esquerda) presidirá a Findes de 2017 a 2020. Ao lado, o atual presidente Marcos Guerra
O industrial Leonardo de Castro foi eleito presidente da Federação das Indústrias do Estado do Espírito Santo (Findes) por unanimidade na tarde da última segunda-feira, dia 10 de abril. Atual vice-presidente da Findes, o candidato teve o voto dos 31 sindicatos habilitados e presidirá a entidade nos próximos três anos (2017-2020). A cerimônia de posse será realizada no dia 3 de agosto.
Pelo regulamento eleitoral da Findes, o presidente eleito terá dez dias para apresentar os nomes da nova diretoria, a ser referendada em nova votação no dia 10 de maio. Candidato de consenso à presidência da Federação, Leonardo de Castro destacou a unidade das lideranças capixabas em torno do projeto apresentado durante a campanha.
“Nosso plano de trabalho é fruto do diálogo com lideranças da indústria, dos demais setores produtivos e do Poder Público. Acreditamos no empreendedorismo como ferramenta de desenvolvimento socioeconômico e precisaremos atuar juntos, convergindo, para melhorar o ambiente de negócios, estimular a inovação e formar uma indústria forte, com um Espírito Santo mais próspero”, defendeu o presidente eleito.
Para o atual presidente do Sistema Findes, Marcos Guerra, a unidade em torno da candidatura representa um avanço na luta em favor da indústria capixaba. “A candidatura do Leonardo é boa para a Findes, para a indústria e para o Espírito Santo. Vivemos um momento complicado para a economia atualmente, acredito que o diálogo e a união de propósitos em um mesmo projeto mostram que a Federação está acertando mais uma vez”, destacou.

Perfil

Natural de Muriaé (MG), Leonardo de Castro tem 45 anos, é casado com Patricia Castro, pai de dois filhos, Bernardo e Victoria. Graduado em Administração pela Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), pós-graduado em Administração e Marketing pela Fundação Getúlio Vargas (SP), e mestre em Administração pela Universidade de Brasília (Unb), o novo presidente atua como diretor da empresa Fibrasa e é conselheiro da VTO Polos Empresariais e da Econservation Estudos Ambientais.
O presidente eleito já ocupou a presidência da Associação dos Empresários da Serra – Ases (2003-2005), do Sindicato da indústria de material plástico do Estado do Espírito Santo – Sindiplast-ES (2009-2012), foi diretor da Findes de 2011 a 2014, atualmente ocupa a vice-presidência da Federação e representa o Espírito Santo como conselheiro na Confederação Nacional da Indústria (CNI).
Por Rafael Porto
Tecnologia do Blogger.