Câncer tem cura. Previna-se

Sedu realiza atividades de promoção e prevenção à saúde, voltadas para o Programa Viva Você

A Secretaria de Estado da Educação (Sedu) realizou, de 25 a 27 de abril, atividades voltadas para promoção da saúde e da qualidade de vida dos servidores da unidade central. A ação faz parte do Programa Viva Você, que tem como objetivo promover orientações sobre como cuidar da saúde.
Na abertura do evento, os colaboradores tiveram a oportunidade de avaliar a densidade corporal por meio de uma corrente elétrica de baixa intensidade e alta frequência aplicada com a ajuda de uma Balança de Bioimpedância, além de medir a pressão arterial e o nível de glicose.
Para a Assessora Especial Ana Maria Morati Gomes, esse tipo de ação estimula a busca por uma vida mais saudável. “Participar desse tipo de evento é de suma importância para o funcionário. Recomendo a todos os colaboradores que sempre que tiver esse tipo de atividade participem, pois foi em uma dessas ações que descobri que tinha diabetes”, disse.
Na segunda etapa, os funcionários assistiram a uma palestra com o tema “Violência de Gênero: aspectos psicossociais, ampliando a cidadania feminina”, ministrada pela psicóloga, mestre em Segurança Pública e professora da Universidade de Vila Velha (UVV) Elaine Bello Bonorino. Na ocasião, a palestrante falou um pouco sobre questões referentes à violência doméstica e familiar contra as mulheres e as formas de prevenção e proteção para as vítimas.
Elaine explica que, o ato de violência, muitas vezes, provoca problemas físicos e psíquicos que podem durar para o resto da vida. "Uma experiência como essa pode provocar quadros de estresse pós-traumático, depressão, comportamento autoagressivo, além do risco de se contrair doenças sexualmente transmissíveis", esclareceu.
A terceira etapa contou uma palestra com o tema “Venci o Câncer! E agora?”, ministrada pela servidora Angela Merícia Cavati, do Centro de Formação dos Profissionais da Educação do Espírito Santo (CEFOPE). A palestrante falou um pouco sobre sua história de vida e como venceu o câncer.
“Sempre fui muito organizada com minha vida, principalmente se tratando da minha saúde, e mesmo assim, fui pega de surpresa. Quando recebi a notícia de que estava com câncer, tive um choque de realidade. Mesmo com todos os exames que são realizados durante a quimioterapia, ainda assim ficamos bastante fragilizados e, é nesse momento que mais precisamos de apoio. Durante meu tratamento ouvi a seguinte frase: No momento de dificuldade, olhe sempre para frente e para cima. Essa é a solução”, concluiu.
De acordo com Ana Janete Viana Souza, técnica pedagógica do CEFOP, esse tipo de evento é muito importante, pois ajuda quem vivenciou ou está vivenciando esse tipo de caso na família a saber como lidar com a situação. “Já vivenciei casos de câncer em minha família. Algumas das pessoas sobreviveram e outras não. É realmente muito difícil passar por isso, ainda mais vendo uma pessoa que amamos com essa doença tão agressiva. Atualmente, estou passando isso com minha filha e está sendo doloroso de mais vê-la desse jeito. O sofrimento é grande, mas precisamos ter fé e acreditar que no final vai dar tudo certo”, declarou Ana Janete.
Tecnologia do Blogger.