100 crianças serão atendidas pelo “Forças no Esporte” na Marinha

Uma tarde de festa entre alunos da rede municipal de ensino, suas famílias e os militares da Marinha. Assim foi a cerimônia de abertura do Projeto “Forças no Esporte” na Escola de Aprendizes-Marinheiros do Espírito Santo (EAMES), nesta segunda-feira (08), às 15 horas.

A mãe do pequeno Gabriel Prado, de 10 anos, Matilde Caetano, moradora de Jabaeté, estava muito feliz com a participação do filho no projeto. “Ele nem dormiu essa noite. Está super ansioso para começar logo as aulas. Eu também estou animada. Será muito bom para ele que já gosta muito de esporte, é muito agitado”.

A abertura do projeto foi oficializada pelo capitão de Fragata e comandante da EAMES Fábio Casaes. “Sejam muito bem-vindos, alunos. Esperamos que até o final do ano, todos tenham aprendido valores importantes que o esporte pode proporcionar como cooperação, disciplina, hierarquia, dedicação”.


O secretário municipal de Educação Roberto Beling declarou que é com muita alegria que a rede de ensino de Vila Velha inicia o projeto na Marinha. “Assim como o Exército, a Marinha é um patrimônio de nossa cidade. Uma referência importante para as crianças. Por meio do projeto, elas terão uma oportunidade única de se qualificar ainda mais para a vida a partir dos valores que receberão. Isso se reflete positivamente na vida escolar”.

Forças no Esporte

O Projeto Forças no Esporte funcionará para cem crianças de 9 a 14 anos  na EAMES. De segunda a sexta, no horário de 12h30 às 17 horas, os alunos terão aulas de natação, vela, beach soccer, vôlei de praia, além de atividades recreativas e palestras. As atividades serão ministradas por professores de educação física da rede municipal, estagiários da Universidade de Vila Velha e instrutores do Iate Clube do Espírito Santo.

Todos os alunos contemplados são de escolas inseridas em um contexto de vulnerabilidade social. As Unidades Municipais de Ensino Fundamental são: Deolindo Perim, de Ulisses Guimarães; Darcy Ribeiro, de Morada da Barra; Paulo Cesar Vinha, Terra Vermelha; e Antônio Pinto, de Aribiri.

O projeto Forças no Esporte já funciona no Exército – 38º BI, com 120 crianças. O projeto é desenvolvido em parceria com a Secretaria Municipal de Educação (Semed).

Tecnologia do Blogger.