Daniel do Açaí recorre da cassação e permanece no cargo

O prefeito de São Mateus, Daniel Santana Barbosa (PSDB), vai recorrer da decisão judicial que determinou a cassação da chapa em que foi eleito junto com José Carlos do Valle Araújo (PMDB). Conhecido como Daniel da Açaí, ele aguarda a notificação oficial para ingressar com um recurso para permanecer no cargo. Ele é acusado de abuso de poder econômico, por distribuição de água para eleitores.

O anúncio foi feito na manhã desta segunda-feira (08), em frente à sede da Prefeitura, cercado de manifestantes favoráveis à sua administração. Para Daniel, há “um movimento político articulado pelo grupo de oposição à sua candidatura por trás da ação judicial”. A denúncia contra o prefeito foi apresentada pelo Ministério Público.

“Estão tramando contra o povo de São Mateus, não contra mim, pois fui eleito pelo povo. Vamos recorrer da decisão, que deverá ser julgada em Vitória pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) e com certeza vão analisar o processo sem tomar partido. Estou confiante que, no final, vamos mostrar quem está certo, tenho consciência dos meus atos, ninguém recebeu água em troca de votos”, declarou Daniel, segundo informou a assessoria de imprensa.
O prefeito ressaltou também, ainda de acordo com a assessoria, que não vai abandonar o compromisso com o povo que o elegeu e vai provar na Justiça que as acusações não procedem. Diante disso, vai continuar no comando do Executivo Municipal enquanto a decisão de segundo grau não é proferida.
Tecnologia do Blogger.