Florais de Bach: saúde em forma de gotas

Por não possuírem contra-indicações e nem efeitos colaterais, os florais podem ser usados por mulheres grávidas e até por bebês

Equilibrar os problemas emocionais através dos extratos líquidos e naturais de plantas e flores específicas. Essa é a proposta dos Florais de Bach, terapia cuja proposta é o tratamento das causas emocionais que causam doenças.
A terapeuta e psicanalista Grazieli Marchito explica que os florais buscam chegar à raiz dos problemas e erradicar devidamente a causa desses desequilíbrios. Segundo ela, os florais são indicados através da análise da personalidade do indivíduo e do quadro emocional que o mesmo apresenta. “A medida em que o organismo vai sendo harmonizado como um todo, os sintomas vão gradativamente desaparecendo. É um mecanismo natural sem efeitos colaterais e deve ser acompanhado por um terapeuta”, declara.
É importante destacar que os florais não são remédios, não são homeopatia e nem fitoterápicos. As gotas agem criando condições para que a pessoa enfrente suas dificuldades com mais harmonia e naturalidade, desenvolvendo a consciência e a personalidade do paciente, enquanto os remédios alopáticos atuam em determinado sintoma da doença.
Indicações
Os florais têm diversas indicações: em casos de estresse, ansiedade, medo, solidão, insegurança, ciúmes, problemas de relacionamentos, depressão, hiperatividade, crise do pânico entre outros. Também para o equilíbrio das emoções e dos comportamentos mentais (pode ser usado de maneira complementar, integrando-se perfeitamente em todo tipo de tratamento (nutricional, alopático, homeopático etc.); para estimular sentimentos como o amora a esperançaa alegriacoragem e paz, além de outras qualidades necessárias para que cada pessoa possa enfrentar a vida e as doenças de forma mais equilibrada.
Os florais também despertam o potencial de autocura que toda pessoa possui e melhoram a fluência de energia físicamental e emocional e são indicados para aqueles que não podem se tratar sozinhos, porque dependem dos cuidados de outras pessoas, como portadores de alguma necessidade especial ou doenças degenerativas como o Alzheimer.
Mente sã, corpo são
Grazieli Marchito explica que pesquisas recentes sobre as emoções e o sistema imunológico reforçam o ponto de vista de que a saúde emocional e a saúde física estão relacionadas. “Cada vez mais peritos médicos concordam que uma mente saudável garante realmente um corpo saudável”, afirma. E, diferente dos alopáticos, os florais agem criando condições para que a pessoa enfrente as suas dificuldades com mais harmonia e naturalidade, desenvolvendo a consciência e a personalidade do paciente. “Já os remédios alopáticos atuam em determinado sintoma da doença”, diz.
Tecnologia do Blogger.