Câncer tem cura. Previna-se

Meio Ambiente: o que fazer ao encontrar animais silvestres em rodovias


Na última semana uma preguiça parou o trânsito da rodovia ES-10, no quilômetro que corta a comunidade de Praia Dos Padres. O animal está na lista de espécies da Mata Atlântica em extinção e foi encontrado atravessando a pista.
Motoristas que passavam na região pararam para evitar que o animal fosse atropelado por outros veículos, mas a Preguiça de Coleira (Bradypus Torquatus), que caminhava lentamente pelo asfalto, contou com ajuda do biólogo Fabrício Rosa, que a levou até o outro lado.
Apesar de parecer uma situação incomum, de acordo com a Secretaria de Meio Ambiente, são frequentes os casos onde animais silvestres são atropelados em meio a estradas e rodovias que cortam Aracruz. Na lista dos bichos que mais sofrem com atropelamentos estão alguns repteis, como cobras e lagartos, e também o Tamanduá e o Tatu.
Para evitar acidentes ao se deparar em situações como essa, as dicas são simples:
  • Atenção ao dirigir em estradas cercadas por matas: nessas regiões é mais comum a aparição de animais silvestres na pista.
  • Reduza a velocidade: principalmente em trechos que sinalizam a presença de animais silvestres.
  • Não manuseie o animal: algumas espécies podem se comportar de maneira inesperada e acabar ferindo a pessoa que está tentando ajudar.
  • Deixe o animal livre: ao encontrar uma espécie silvestre solta em rodovias, a melhor opção é deixá-la atravessar de forma natural.
  • Sinalize a pista: tente sinalizar a pista para que outros motoristas não atropelem o animal.

Motoristas devem redobrar atenção em períodos de andada
Durante os períodos de andada dos crustáceos é importante que motoristas redobrem a atenção ao dirigir. Segundo o biólogo da SEMAM, Fabrício Rosa, nessas épocas é bastante frequente o atropelamento de caranguejos e guaiamuns. A última espécie, inclusive, também está na lista de animais que correm risco de extinção no Brasil.
A SEMAM também orienta que ao encontrar animais feridos o motorista deve comunicar a equipe da Gerência de Fiscalização, através dos números: 27 3270-7067 ou 9 9904-4092.
Tecnologia do Blogger.