Núcleo de natação paralímpica volta com 37 medalhas de competição no Rio


Uma das principais equipes de natação paralímpica do Brasil mostrou, neste último final de semana, o porquê é conhecida por sua força e garra. Os atletas da ACPD Esportes, núcleo da Prefeitura no Álvares Cabral, disputaram no Rio de Janeiro o Circuito Caixa Loterias Regional Rio-Sul, que vale índice para as três etapas do Circuito de Natação Paralímpica em São Paulo, nos meses de junho, agosto e setembro.
Os 12 atletas voltaram com 37 medalhas: 14 ouros, 10 pratas e 13 bronzes. Foram medalhistas:
  • Marquinho: 1 prata e 1 bronze
  • Marcão: 3 ouros, 2 pratas e 1 bronze
  • Tiozinho: 2 ouros e 4 pratas
  • Stephany: 4 ouros
  • Flávio: 2 ouros e 3 bronzes
  • Laís: 2 ouros e 1 prata
  • Caio: 1 bronze
  • Douglas: 1 prata
  • Edna: 1 bronze
  • Nathália: 1 prata e 1 bronze
  • Luiz Felipe Rodrigues: 2 bronzes
  • Ezequias: 3 bronzes
  • Revezamento: 1 ouro
Os professores e técnicos Leonardo Miglinas, Poliana Oliveira e Charles Gonçalves, além das estagiárias Bianca Tragino e Halana Vaz, acompanharam os seguintes atletas: Douglas Batista, Marco Aurélio Quaresma, Waldir Júnior, Marcos Vinícius Barcelos, Flávio Nascimento, Edna Bassani, Ezequias Lima de Paulo, Laís Amorim, Stephany Rodrigues, Luis Felipe Rodrigues, Wagner Pinotti, Leonardo Mendonça, Caio Amorim e Nathália Torezani.
Divulgação Semesp
Núcleo de natação paralímpica do Álvares
Equipe disputou no Rio de Janeiro o Circuito Caixa Loterias Regional Rio-Sul(Ampliar imagem)

Avaliação

O técnico Leonardo Miglinas avaliou positivamente o resultado: "Foi muito bom. Tivemos recorde de atletas participando, conquistamos 37 medalhas e fomos o segundo melhor clube na classe alta e terceiro na classe baixa. Ganhamos no revezamento e descobrimos coisas novas, como a atleta Nathalia, que na primeira competição da vida ficou a dois segundos do índice para o Nacional. Vamos para o Brasileiro daqui a um mês com uma equipe forte e nos reafirmamos como uma das melhores equipes do Brasil".
Carimbaram vaga para o Nacional: Tiozinho, Marquinhos, Stephany, Marco Aurélio e Laís. Patrícia dos Santos já estava classificada.

Vagas abertas

Para cadeirantes e pessoas com mobilidade reduzida que queiram participar do projeto, basta procurar a equipe, na piscina do Álvares, de segunda a sexta, das 13h30 às 15h30.

Informações à imprensa:

Tecnologia do Blogger.