Câncer tem cura. Previna-se

Programa Reflorestar é apresentado a moradores de Santa Leopoldina

A Prefeitura Municipal de Santa Leopoldina, em parceria com a Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Seama), e o Instituto Capixaba de Extensão Rural (Incaper), convida os produtores rurais com propriedade na região da Bacia de Mangaraí, para uma reunião sobre o Programa Reflorestar, na próxima quinta-feira (25), às 18 horas, na Escola Municipal Alfredo Leppaus, na comunidade de Holanda. 

A reunião tem como objetivo tratar do início do Ciclo 2017, referente ao atendimento do Programa Reflorestar, nas bacias hidrográficas dos Rios Santa Maria da Vitória, Jucu e Reis Magos.

O PROGRAMA

O Programa Reflorestar é uma iniciativa governamental, cujo desenvolvimento foi iniciado no ano de 2011, fruto do alinhamento da Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (SEAMA) e da Secretaria Estadual de Agricultura, Aqüicultura e Pesca (SEAG). 

O objetivo é a ampliação da área de Mata Atlântica no Espírito Santo em 80 mil hectares até 2018, conforme metas almejadas pelo Governo do Estado no Planejamento Estratégico 2015/2018. A mesma meta também foi estabelecida como contribuição do Estado ao aderir o Desafio 20x20, proposto na Conferência das Partes (COP 20), ocorrida no Peru em 2014, por países da América Latina e Caribe (LAC) para restaurar e/ou evitar o desmatamento em 20 milhões de hectares. 


OBJETIVOS DO PROGRAMA


O principal objetivo do Programa Reflorestar é manter, recuperar e ampliar a cobertura florestal, com geração de oportunidades e renda para o produtor rural, através da adoção de práticas de uso amigável dos solos. 

Os objetivos específicos para o programa seguem os preceitos do desenvolvimento sustentável, integrando meio ambiente, economia e sociedade. Assim, criam-se estímulos para os proprietários de terra e agricultores adotarem sistemas produtivos e alternativas econômicas ambientalmente corretas e socialmente justas. 


(Com informações do Iema)
Tecnologia do Blogger.