Câncer tem cura. Previna-se

Vacina contra pneumonia disponível para pessoas com condições especiais de saúde

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), por meio do Programa Estadual de Imunizações, esclarece que a vacina pneumocócica 23 valente – contra pneumonia – está disponível no Sistema Único de Saúde (SUS) para pessoas com condições especiais de saúde. Entre os que devem tomar a vacina estão as pessoas com mais de 60 anos de idade que estejam acamadas em casa; que residam em instituições fechadas, como asilos, casas geriátricas e casas de repouso, mesmo que não estejam acamadas; ou ainda que estejam hospitalizadas.  

Segundo a coordenadora do Programa Estadual de Imunizações, Danielle Grillo, no período da campanha de vacinação contra o vírus influenza, os municípios contam com um quantitativo extra da vacina pneumocócica 23 valente para a vacinação desse público. “Os municípios já fazem a vacinação dos idosos contra gripe e aproveitam para garantir a imunização contra pneumonia. É importante considerar que são pessoas debilitadas e muitas não têm nem como se deslocar até os postos de vacinação, e a estratégia é vacinar em casa ou no serviço de saúde onde a pessoa está internada”, detalha a coordenadora.
Outros públicos
A vacina também está disponível no SUS para pessoas vivendo com HIV/Aids; bem como pacientes com asplenia anatômica ou funcional e doenças relacionadas; pneumopatias crônicas, exceto asma intermitente ou persistente leve; asma persistente moderada ou grave; cardiopatias crônicas; nefropatias crônicas, hemodiálise e síndrome nefrótica; transplantados de órgãos sólidos ou de células-tronco hematopoiéticas (medula óssea); imunodeficiência devido ao câncer ou à imunodepressão terapêutica; diabetes mellitus; fístula liquórica (mucoviscidose); doenças neurológicas crônicas incapacitantes; implante de cóclea; trissomias; imunodeficiências congênitas; hepatopatias crônicas e doenças de depósito.
Para esses casos, a vacina é ofertada por meio do Centro de Referência para Imunobiológicos Especiais (CRIE), um serviço da Sesa que funciona no Hospital Estadual Infantil de Vitória. Segundo Danielle Grillo, o CRIE funciona tanto como dispensador da vacina para os municípios quanto como sala de vacinação. Para receber a vacina pneumocócica 23 valente, bem como os demais imunobiológicos ofertados no CRIE, o paciente precisa apresentar laudo médico que justifique a indicação da vacina.
“O usuário pode ir a uma unidade básica de saúde ou à secretaria de saúde em seu município e solicitar a vacina com apresentação do laudo médico. O município solicita a dose ao CRIE e aplica. Para quem mora em Vitória ou nas proximidades, o acesso pode ser direto no CRIE”, explica a coordenadora do Programa Estadual de Imunizações.
A vacina pneumocócica 23 valente também faz parte do Calendário de Vacinação dos Povos Indígenas para pessoas acima de 5 anos de idade.
Tecnologia do Blogger.