Câncer tem cura. Previna-se

Vitrine de Forrageiras é implantada em Cachoeiro de Itapemirim

O Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper) implantou na Fazenda Experimental Bananal do Norte, em Pacotuba, no município de Cachoeiro de Itapemirim, uma “Vitrine de Forrageiras”. O objetivo é divulgar diferentes opções de plantas utilizadas na alimentação animal e capacitar produtores rurais, profissionais e estudantes de ciências agrárias.
A vitrine conta com mais de 45 exemplares, recomendados para utilização em sistemas de produção de leite e carne no Espírito Santo. A implantação se deu a partir da visita técnica realizada no fim de 2016 por 24 técnicos do Incaper à unidade da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa Gado de Leite - em Coronel Pacheco, Minas Gerais.
Na ocasião, a Embrapa disponibilizou mais 22 materiais forrageiros ao Incaper, entre eles os últimos lançamentos de capim-elefante para pastoreio (BRS Kurumi) e corte (BRS Capiaçu), forrageiras que se destacam pelo elevado potencial produtivo e pela boa qualidade nutricional. Também foram cedidos 20 acessos pela Embrapa Gado de Corte, de Campo Grande, Mato Grosso do Sul. Dentre estes os destaques são os lançamentos: Panicum BRS Quênia e a Brachiaria BRS Ipyporã, esta última um híbrido tolerante ao ataque das cigarrinhas.

“Temos na vitrine as espécies forrageiras para divulgar e difundir aos produtores as características e o uso de cada uma delas. A Embrapa tem um trabalho de melhoramento genético com introdução de novas cultivares de grande relevância no País. Para o produtor de leite, o cultivar Capim Elefante Capiaçu, destinado ao corte direto, tem grande capacidade de produção de massa forrageira, e o Kurumi, de pequeno porte, tem grande capacidade de perfilhamento para o pastejo direto dos bovinos”, explicou o diretor-presidente do Incaper, Marcelo Suzart de Almeida.                       
Suzart ainda reforça que a troca de conhecimento e experiências para a transferência de tecnologia aos produtores rurais enriquece o trabalho e a missão de ambas instituições.

Condução dos trabalhos
Na Fazenda Experimental Bananal do Norte, em Pacotuba, são realizados diversos cursos de pecuária bovina ao longo do ano e, a partir de agora, o Instituto disponibiliza este espaço de aprendizado e divulgação de tecnologias, a todos os interessados em aperfeiçoar a alimentação dos rebanhos e o manejo dos pastos.
Segundo o zootecnista do Incaper Bernardo Lima Bento de Mello, esta coleção de plantas forrageiras é uma sala de aulas a céu aberto, que possibilita que não só produtores rurais, mas também estudantes e profissionais da área conheçam as opções de forrageiras e os últimos lançamentos do mercado. “Estão expostas plantas que podem ser utilizadas em diferentes condições de topografia, solo, drenagem, manejo e sobretudo opções para o enfrentamento da crise hídrica e dos períodos de estiagem prolongada”, ressaltou Bernardo.
A implantação da Vitrine de Forrageiras é uma ação do Programa Capixaba de Bovinocultura Sustentável e foi possível mediante ao apoio dos parceiros: Embrapa Gado de Leite, Embrapa Gado de Corte, Usina Paineiras Faes/Senar/Sindicato Rural de Cachoeiro de Itapemirim, Prefeitura de Cachoeiro de Itapemirim, Cooperativa de Laticínios Selita, Associação Capixaba dos Criadores de Nelore, Fertilizantes Heringer e Grupo Matsuda.

Próximos passos
Está previsto um Dia de Campo, no segundo semestre de 2017, com a distribuição de mudas dos lançamentos de capim-elefante aos produtores. As visitas guiadas à vitrine podem ser agendadas pelo telefone (28) 3539-7198 ou diretamente no setor administrativo da Fazenda Experimental Bananal do Norte.
Tecnologia do Blogger.