Entre Estações: pesquisa revela perfil dos turistas que vieram ao Espírito Santo


Os turistas que visitaram o Espírito Santo na temporada Entre Estações 2017 avaliaram positivamente os destinos capixabas. Das quase 800 pessoas entrevistadas 93,8% declaram o destino como ótimo ou bom e 81,9% disseram que o destino superou as expectativas. Os dados são da Pesquisa de Demanda Turística Entre Estações da Secretaria de Estado do Turismo (Setur), por meio do Observatório do Turismo.
O estudo rastreou o perfil dos turistas que vieram ao Espírito Santo, observando principalmente locais de origem, forma de organização da viagem, avaliação dos passeios e dos destinos escolhidos, lugares que visitaram e gasto médio durante a permanência
As entrevistas foram feitas do dia 03 ao dia 12 de abril deste ano, em 18 cidades capixabas. A pesquisa foi realizada pelo Instituto Qualitest Pesquisa e Qualificação.
Perfil do Turista Entre Estações 2017
As oito cidades mais procuradas na temporada Entre Estações 2017 foram Vila Velha, Vitória, Domingos Martins, Guarapari, Piúma, Serra, Cariacica e Nova Venécia.
Os turistas nacionais representam 99,25% do público que conheceu ou visitou alguma cidade do Espírito Santo. Os capixabas somam 64,74% deste público, seguidos dos turistas de Minas Gerais (19,45%), Rio de Janeiro (6,65%), São Paulo (3,64%), Bahia (1,88%) e Distrito Federal (1,38%).
Os turistas internacionais vieram principalmente da Suíça, da Alemanha, do Canadá, dos Estados Unidos e da Rússia.
Os principais motivos das viagens foram lazer (57,2%), visita a amigos e familiares (20,2%) e negócios (16,4%). Deste público, 27,2% viajaram sozinhos; 21,2%, em casal; 16,3%, casal com os filhos; 14,6%, com familiares; e 12,3%, com amigos.
Para chegar ao Espírito Santo, os turistas usaram como transportes automóvel próprio (55,2%), ônibus (20,3%), avião (19,9%) e trem (2,8%). Os turistas que vieram ao Estado gastaram em média R$130,60, por pessoa.
Domingos Martins é uma das 8 cidades mais visitadas na temporada. Foto: Rotas Capixabas.

Hotéis, pousadas e restaurantes
Dos entrevistados, 47,3% ficaram hospedados na casa de amigos e parentes, 29,8% se hospedaram em hotéis e pousadas, e 9,6%, em imóvel alugado. Em casa própria permaneceram 9%, e 2,9%, em camping.
Os turistas que utilizaram os serviços de hotéis e pousadas avaliaram de forma positiva os estabelecimentos: 87% avaliaram a infraestrutura ótima ou boa, 86% avaliaram o atendimento como ótimo ou bom. A acessibilidade foi relacionada como ótima ou boa por 92% dos entrevistados.
Já a infraestrutura dos restaurantes foi avaliada como ótima ou boa por 84,9% do público. A acessibilidade com 80%, e o atendimento, com 88,4%. 
Confira pesquisa completa aqui.
Tecnologia do Blogger.