Gestantes precisam de acompanhamento odontológico também. Saiba o porquê

Sabia que toda a gestante precisa fazer também um acompanhamento com o seu dentista? Doenças periodontais e cáries são os principais problemas que elas podem enfrentar neste período. Pensando neste assunto, o grupo de dentistas “Qualidade em Saúde” lançou a campanha “Check-up Preventivo Gestante”, que visa orientar as futuras mães sobre os cuidados necessários para manter a saúde bucal durante a gestação, além de mostrar a importância da saúde bucal para os bebês.

O acompanhamento odontológico durante o período gestacional é de extrema importância, pois o dentista irá orientar o paciente a respeito de todas as alterações que podem ocorrer e tomar as medidas preventivas para evitar futuros problemas.

Curiosidade 
Durante o período da gestação, o organismo passa por diversas alterações que, em alguns casos, levam ao aparecimento de problemas como a gengivite e a cárie, e estes, em seus estágios mais avançados, podem afetar o bebê e levara problemas como baixo peso ou até mesmo partos prematuros. A prevenção destas infecções também auxilia no controle  ao diabetes, que pode ser agravada neste período, por isso o acompanhamento contínuo de um dentista é primordial.

Entrevista
Em conversa com O Giro ES 24 Horas, o dentista Marcelo Nobre (CRO-ES 3026) esclarece quais são os cuidados que as futuras mães devem ter durante a gestação e quais as consequências da falta de cuidados.

GES - É comum as mulheres não darem a devida atenção à saúde bucal no período gestacional?
MN -  Sim, é comum as mulheres ficarem tão focadas apenas com questões que dizem respeito a gravidez, como por exemplo, o enxoval do bebê e se preocupam menos com os cuidados diários com a saúde bucal. 
Durante a gestação além de todas as mudanças no corpo da mulher, ela muda muito o seu comportamento alimentar, fazendo refeições em intervalos menores, mas infelizmente não fazem à devida higienização após a ingestão destas guloseimas ou pequenas refeições, como as famosas barras de cereais.

GES - A falta de cuidados odontológicos durante a gravidez pode ser considerado um problema grave?
MNSim, estudos científicos cada vez mais comprovam que a falta de cuidados odontológicos durante a gestação pode acarretar vários problemas graves a saúde da futura mamãe e do bebê. Os problemas mais comuns são as inflamações gengivais, nesta fase podem ser chamadas de gengivite gravídica e estas inflamações liberam substâncias químicas (como as prostaglandinas) que ao entrar na corrente sanguínea, provocam microcontrações na parede uterina e pode induzir o nascimento prematuro do bebê e também fazer com que ele nasça com baixo peso.

GES - Quais são os tipos de cuidados imprescindíveis neste período??
MN - É importantíssimo que a gestante entenda que nesta fase ela não está cuidando apenas da saúde dela, mas sim do bebê que está sendo gerado e é muito comum ouvirmos as gestantes dizerem que “comem para dois”. Então precisam também terem cuidados redobrados, tais como:

- Uso de fio dental, pois ele alcança aonde a escova não vai, seguido de escovação criteriosa pelo menos 3 vezes ao dia, sendo o ideal fazer a higienização, mesmo que mais rápida, após cada pequena refeição;

- Uso de soluções de bochechos fluoretadas.

Insistimos para que a gestante tenha o bom hábito de dar atenção a sua saúde bucal durante este momento tão lindo na vida da mulher e da família. E, preocupados com à saúde da gestante é que nós do Grupo Qualidade em Saúde (www.grupoqualidadeemsaude.com.br) usamos como protocolo de atendimento o PRÉ-NATAL ODONTOLÓGICO trimestral, onde, nestas consultas, iremos dar todas as orientações e se houver necessidade de tratamento odontológico, este deverá ser realizado para evitar possíveis complicações.




Tecnologia do Blogger.