Câncer tem cura. Previna-se

Pronatec Voluntário abre vagas para cursos profissionalizantes em Aracruz


Quem deseja estudar e se aperfeiçoar em uma carreira, mas não tem condições de arcar com a mensalidade de um curso, não pode perder essa oportunidade. O Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), na modalidade Voluntário, abriu diversas vagas de cursos profissionalizantes gratuitos a distância para Aracruz. 
Os interessados devem se inscrever para as pré-matrículas até o dia 05 de julho de 2017, através do link http://sistec.mec.gov.br/meu-cadastro. Para mais informações podem procurar a Secretaria de Turismo e Cultura pelo telefone (27) 3270-7076.
Para a área de Turismo e Cultura estão disponíveis vagas para os seguintes cursos: Recepcionista, Promotor de Vendas, Mensageiro, Locutor, Apresentador, Animador; Ilustrador; Editor de projetos visuais, Fotógrafo, Editor de vídeo e Monitor do uso e conservação de Recursos Hídricos.

Confira a lista dos cursos e total de vagas no quadro abaixo:

Cursos Pronatec Voluntário:
O Ministério da Educação (MEC), por meio da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (SETEC), e o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), apresenta as diretrizes para apresentação e submissão de propostas de oferta de vagas gratuitas em cursos de formação inicial e continuada (FIC) ou qualificação profissional e técnicos de nível médio, com vistas à expansão, ampliação e democratização da oferta de cursos de formação profissional.
Objeto Principal
Constituir-se na apresentação de propostas por instituição de educação profissional e tecnológica para a oferta  de  cursos  de  formação  inicial  e  continuada  ou  de  qualificação  profissional  e  cursos  técnicos  de  nível  médio,  presenciais  ou  à  distância, sem  transferência  de  recursos,  no  âmbito  do  Pronatec.
Como Objetivos Específicos
  • Garantir o acesso de públicos prioritários a oferta de cursos de educação profissional e tecnológica, ampliando suas chances de geração de renda e  inserção  socioprofissional;
  • Ampliar e democratizar a oferta e o acesso à educação profissional  e  tecnológica.

Público a ser atendido:
  • Estudantes do ensino médio da rede pública, inclusive da educação de jovens e adultos;
  • Trabalhadores, incluindo-se os agricultores familiares, silvicultores, aquicultores, extrativistas e pescadores;
  • Beneficiários dos programas federais de transferência de renda;
  • Estudante que tenha cursado o ensino médio completo em escola da rede pública ou em instituições privadas na condição de bolsista integral;
  • Mulheres responsáveis pela unidade familiar beneficiárias de programas federais de transferência de renda;
  • Pessoas com deficiência;
  • Povos indígenas, comunidades quilombolas e adolescentes e jovens em cumprimento de medidas socioeducativas.
Tecnologia do Blogger.