Agnaldo Rayol não se apresenta em festa de Aracruz

O artista Agnaldo Rayol foi contratado para se apresentar na 7ª Itália Unita, vai à Guaraná, mas não sobe ao palco

Uma atitude inesperada surpreendeu os fãs do cantor Agnaldo Rayol no último sábado (8) no distrito de Guaraná em Aracruz. Segundo os organizadores, o artista foi contratado para se apresentar na 7ª Itália Unita às 23h, compareceu ao local do evento e tirou fotos com fãs no camarim enquanto o evento seguia sua programação.

Enquanto o público chegava no pátio da Associação de Moradores para assistir à apresentação nacional, a produção do artista informou que estava no horário do show (23h), portanto o artista não iria subir ao palco pois o público ainda estava chegando.
Às 22h55 minutos Agnaldo Rayol entrou na van e deixou o local do evento sem explicações à organização. O presidente da Associação, Sr. João Batista, ainda tentou convencê-lo a se apresentar conforme contrato, mas foi em vão. Agnaldo ignorou o pedido de Batista, entrou na van e foi embora.


Para o Paulo Bottoni – diretor do Secretariado dos Imigrantes Friulanos de Aracruz/ES , a atitude do artista foi desrespeitosa com toda a comunidade. “Trabalhamos duro para conseguir recursos para contratá-lo. Essa atitude nos deixou muito tristes e envergonhados”.

Os fãs, Roger Delboni e Ana Carreta Delboni saíram do município de Vitória para ver o ídolo de perto e voltaram para casa frustrados. “Nunca tivemos a oportunidade de assistir Agnaldo Rayol de perto, era a nossa grande chance” – lamentaram.

Outra fã, a senhora Isaura Favalessa, chegou a ir ao camarim e a registrar o momento com seu ídolo, ela estava ansiosa para o show. “Sou fã do Agnaldo, o assisti no Programa do Faustão recentemente foi lindo e estou triste por não poder vê-lo cantar ao vivo” -  Disse Dona Isaura.



Tirando este inconveniente, a Itália Unita foi um grande espetáculo. Milhares de pessoas foram atraídas, pela sétima edição do evento. Uma festa do imigrante italiano, que tem o objetivo de preservar as tradições italianas no Distrito de Guaraná, em Aracruz. O ponto alto da festa foi a Carretela, um desfile com carros alegóricos que impressionou o público com a história da imigração italiana para as terras capixabas. Vinte e seis alegorias recontaram a história vivida por antepassados das famílias que hoje permanecem em Guaraná e buscam manter acesa a chama da cultura italiana.
Tecnologia do Blogger.