Alunos de Aracruz adaptam bicicleta para cadeirante

Como Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), um grupo de cinco alunos de Mecânica da Escola Técnica Premier, em Aracruz, projetaram e construíram na própria unidade de ensino um triciclo adaptado para a acomodação facilitada de uma cadeira de rodas, o que representa um significativo aumento na locomoção do usuário. A handbike, como é chamado o veículo, possibilita que os movimentos dos pedais sejam feitos pelas mãos ao invés dos pés.

A ideia de desenvolver a handbike foi motivada por um morador de Pedro Canário, que vai recebê-la nos próximos dias. "Tínhamos que apresentar o TCC e aproveitei a oportunidade para sugerir aos colegas o desenvolvimento de um projeto que fizesse bem ao próximo. Com a handbike, o cadeirante para quem iremos doá-la, terá mais independência e ficará distante de uma rotina sedentária", destaca o aluno Wellington de Jesus Pereira, que já conhecia as dificuldades enfrentadas pelo beneficiado com a iniciativa.


Os outros quatro integrantes do grupo – Belício Moreira, Juliano Martins, Maikon Ribeiro e Vinícius Orecchio – de imediato aceitaram a nobre sugestão do colega. Orientados pelo professor Jaderson Tonon, eles se dedicaram ao projeto durante 75 dias, em suas horas livres. O investimento total foi de R$ 850,00, valor patrocinado pela Premier.


No ano passado, na mesma unidade de ensino, outro grupo de alunos colocou em prática os conhecimentos adquiridos em sala de aula para adaptar uma motocicleta de 100 cilindradas em um triciclo conduzível por cadeirantes. O protótipo, desenvolvido dentro de seis meses, custou cerca de R$ 2,5 mil. Não motorizado, o triciclo projetado neste ano, além de mais barato, permite que o usuário embarque e desembarque sem precisar de ajuda.
Tecnologia do Blogger.