Banda Sinfônica realiza concerto inédito para comemorar dez anos de história

O concerto Banda Sinfônica da Fames 10 anos vai comemorar uma década de intenso trabalho acadêmico com produções de destaque no cenário musical capixaba e grandes resultados para alunos, professores, técnicos, monitores e para o público. O evento acontece no dia 21 de setembro, às 20 horas, no Centro Cultural Sesc Glória. Os ingressos poderão ser adquiridos no próprio teatro, a partir do dia 13 de setembro, por R$ 6 (inteira) e R$ 3 (meia).

A Banda Sinfônica da Fames será regida pelo maestro Gilson Silva, que esteve à frente do grupo por mais de oito anos. Um repertório especial e inédito está sendo preparado para este concerto, sendo que a obra principal é do compositor Johande Meij: a "Symphony nº 3 Planet Earth", uma ode ao Planeta Terra com toda sua beleza e aparências milagrosas. 

Duas estreias de temas locais merecem destaque: "A chegada do guerreiro", do compositor Hugo Rocha, e "O congo Symphony Forband", do compositor Bruno Santos, ambos capixabas.

A Orquestra Jovem de Sopros e Percussão da Fames fará a abertura do evento, sob a regência de Marcelo Madureira, que também é idealizador da Banda Sinfônica. “Este é um momento de muita alegria, por saber que esse projeto, que nasceu em 2007, deu origem a diversas realizações na Fames e contribuiu para a formação dos alunos, além do envolvimento dos professores de cada instrumento que compõe a banda. Estivemos juntos neste processo de aprender a tocar coletivamente”, afirmou Marcelo.


A Banda Sinfônica da Fames

A Banda Sinfônica da Fames, desde a sua implantação, foi um arcabouço para muitas ações. A disciplina contribui com a formação contínua dos alunos, valoriza o papel do professor no desenvolvimento da instituição e amplia oportunidades e perspectivas para outros profissionais da área, ao justificar a implantação de cursos na faculdade pelo consequente avanço das demandas.

Ao utilizar o complemento de sopros e percussão e a metodologia aplicada à Banda Sinfônica, foi possível reestruturar as práticas para cordas friccionadas, tornando estáveis as atividades da Orquestra Sinfônica da Fames (Osfa).

Criou-se a extensão com a Banda Experimental e a transformou em Orquestra Jovem de Sopros e Percussão. Além disso, a Banda contribui com o cenário da música de concerto capixaba e com a formação de plateia por meio de concertos-espetáculos.

As atividades correlacionadas e outros grupos e projetos incentivados pela banda ganharam expressão e notoriedade ao longo desses anos. A Banda Sinfônica da Fames se propaga, agrega, movimenta e cria um universo de possibilidades. É compreendida pela tradução da multiplicidade, da conexão de pessoas, da transformação de um cenário e pela repercussão em uma realidade que traduz uma experiência motivadora para cada um dos envolvidos.


SERVIÇO
Banda Sinfônica da Fames
Data: 22 de setembro (quinta-feira)
Local: Teatro Sesc Glória
Horário: 20 horas
Tecnologia do Blogger.