Hospital São Camilo vai ficar sem parte da frota de ambulâncias e repasse de verbas

A decisão faz parte do esforço para manter e garantir a continuidade da prestação dos serviços municipais



Na manhã desta sexta-feira (25), a secretaria de Saúde de Aracruz, Norte do Estado, anunciou que vai reduzir despesas a partir de 1º de setembro. Entre as medidas estão a diminuição no repasse de recursos para consórcios e SUS do Hospital Maternidade São Camilo, 25% no combustível, redução na frota de ambulâncias e em cargos comissionados, além de cortes de gratificações, hora extra e extensão de carga horária e redução na folha de pagamento da SEMSA.

A decisão faz parte do esforço para manter e garantir a continuidade da prestação dos serviços municipais.
O Secretário de Saúde Interino, Ivan Pestana, destaca que os cortes não vão prejudicar o atendimento à população. “Isso é necessário pois o orçamento de 2017, elaborado e aprovado em 2016 não atende a necessidade e realidade do município.
O objetivo, segundo o secretário, é utilizar de forma mais otimizada os recursos da pasta. Segundo Pestana ainda não é possível falar em valores. O objetivo é o de manter a capacidade assistencial adequada. Em alguns casos será necessário fazer remanejamento de equipes.
O secretário pede a compreensão da população e explica que são medidas administrativas no sentido de minimizar os efeitos negativos entre receita e despesa. “Em janeiro de 2018 já estaremos trabalhando com um novo orçamento e tudo retornará à normalidade gradativamente”.
O secretário ressalta ainda que o prefeito Jones Cavaglieri não se mostrou favorável as medidas mas entendeu que é necessário um pacote de austeridade fiscal. “A intenção é que, até o final do ano, o exercício fiscal seja fechado com equilíbrio e com as contas em dia”.
Ivan Pestana afirma que todo o processo está sendo realizado com muita transparência, fundamentada numa gestão com responsabilidade e compromisso com a população de Aracruz.
Tecnologia do Blogger.