Câncer tem cura. Previna-se

5 recomendações para uma cirurgia plástica bem-sucedida e segura



Anualmente, no Brasil, são realizados mais de um milhão e meio de procedimentos de cirurgia plástica e, apesar de todos os avanços da medicina, elas não são isentas de riscos. Por isso, obedecer todas as recomendações médicas antes da cirurgia é o melhor caminho para uma operação mais seguro.
O mesmo vale para o pós-operatório. Os cuidados indicados pelo cirurgião plástico devem ser seguidos à risca para que o resultado do procedimento seja o melhor possível.
O cirurgião plástico Humberto Pinto, membro titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica ensina o que fazer para ter uma cirurgia plástica bem-sucedida e segura.

Busque informações sobre o cirurgião plástico
Escolher um bom profissional é o primeiro passo para o sucesso de uma cirurgia plástica. “Além de confirmar que ele possui o título de especialista pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, buscar indicações com amigos pode fazer toda a diferença”, explica o cirurgião plástico Humberto Pinto, membro titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

Tire todas as suas dúvidas antes da operação
As consultas prévias servem para que o paciente conheça as etapas da cirurgia e faça as perguntas que achar necessárias sobre o procedimento, resultados esperados, cicatrizes, pós-operatório. “Esse é o momento do paciente ser totalmente honesto com seu médico sobre suas expectativas para a cirurgia e informar se faz uso de algum medicamento.”, observa Humberto Pinto.

Lide com sua expectativa
“Muito pacientes chegam ao consultório com expectativas irreais”, conta o cirurgião plástico Humberto Pinto. Por isso é importante que eles estejam conscientes das limitações do resultado da cirurgia plástica. Segundo a Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética, cerca de 30% dos pacientes são rejeitados pelo cirurgião plástico por não terem expectativas reais.

Faça a preparação corretamente
Antes de agendar a cirurgia, o médico solicita uma lista de exames para saber se o paciente está saudável para passar por uma operação. Se o paciente for fumante, deve parar pelo menos seis semanas antes do procedimento ser realizado. Quem toma remédios como antidepressivos e pílula anticoncepcional também deve suspender o uso um mês antes d operação. “Recomendamos para todos os pacientes evitar alimentos gordurosos e muito condimentados para evitar transtornos digestivos. Preferimos alimentos mais leves, de fácil digestão e recomendamos hidratação generosa”.

Siga a risca o pós-operatório


Cada cirurgia plástica exige um pós-operatório com cuidados específicos, mas em todos os casos é imprescindível seguir as orientações do cirurgião plástico para que a cicatrização seja tranquila e os resultados os melhores possíveis. 
Tecnologia do Blogger.