Frentista é morto por cliente após confusão em posto de gasolina em Cariacica

O frentista José Rubens, 49, foi morto com cinco tiros por um cliente                                       Foto: Vitor Jubini

A discussão começou porque o  cartão de crédito de cliente não autorizou a compra


Uma discussão por causa da compra de um galão de gasolina acabou com a morte de um frentista, em Cariacica. José Rubens, 49, foi morto com cinco tiros pelo cliente que tentou comprar o combustível. 
Segundo informações de testemunhas, o cliente chegou ao posto por volta das 18h30 para comprar gasolina para uma moto. Ele entregou o cartão de crédito ao frentista, que fez o procedimento para cobrança, mas não houve autorização. Neste momento, ainda segundo testemunhas, os dois começaram a discutir, e o cliente saiu dizendo que voltaria.
Por volta das 19h, o homem cumpriu a ameaça: deu vários tiros na direção do frentista. Um outro funcionário do posto também estava no local e correu para não ser atingido pelos disparos. Uma testemunha que trabalha próximo ao posto disse que ouviu sete tiros. Segundo informações da Polícia Civil, cinco prejéteis acertaram o frentista.
José Rubens era evangélico e trabalhava havia 8 anos no posto. Colegas de trabalho disseram que ele era muito querido e tranquilo. 
O posto de combustíveis possui câmeras de segurança, que podem ter flagrado o homicídio.








Tecnologia do Blogger.