Mau hálito: causas e tratamentos




A halitose, mais conhecida como mau hálito é motivo de muitas situações desconfortáveis e constrangedoras para algumas pessoas. As causas para esse problema são variadas e, geralmente, começam na boca. A dentista Catarina Riva, afirma que cerca da metade da população sofre de mau hálito e que os principais fatores desencadeadores são a má escovação e problemas dentários como cáries e gengivite.
Catarina Riva explica que uma das principais causas do transtorno é a má higiene bucal. O acúmulo de alimentos pela falta de escovação nos dentes, alterar o odor do hálito, causa problemas como a gengivite. “Ao nos alimentarmos restos de comida ficam presos entre os dentes e ao longo da linha da gengiva. Quando essa área não é limpa, a halitose ocorre. Comidas com odor forte, como alho, cebola, também desencadeiam esse desconforto”, declara a dentista.
A especialista alerta que a maior parte das bactérias causadoras do mau hálito fica alojadas na língua, por isso é necessário também à escovação correta desta parte do corpo.
Outros fatores que podem desencadear o mau hálito são os problemas dentários como cáries, placas bacterianas e gengivite. Alguns dessas disfunções são complicações de uma má higiene bucal. Devido a esses fatores, a proliferação de bactérias na boca aumenta, ocasionando no aumento da doença.
Além disso, infecções de garganta e de intestino são fatores que elevam o desconforto do hálito. A dentista afirma que em casos de doenças sistêmicas é necessária a busca por profissionais especializados para a cura destes problemas.
Para especialista a melhor solução para a cura é a ida ao dentista de três em três meses, além de uma boa higienização da boca. 



Tecnologia do Blogger.