Câncer tem cura. Previna-se

Acidentes de trânsito - Até quando vamos ficar parados?

Foto: Internauta. Acidente deixou quatro mortos e cinco feridos na tarde da última quarta-feira (11), na BR 101 em Viana.

De umas semanas para cá, o que mais se noticiam nas mídias locais e nacionais, são os acidentes de trânsito, como ou sem mortes. A discussão sobre as maneiras de evitar esses acidentes ou de o porquê acontecem é grande, mas já parou para analisar que a resposta é simples? A sua maneira de lidar com o trânsito é o fator decisivo para salvar ou acabar com uma vida, muitas vezes até a sua mesmo.

Reflita na cena! Dirigindo seu carro em uma via de 80 km de limite, e seu velocímetro marcando 100 km/hr. O celular toca e no instinto de atender, pois a chamada pode ser importante. Você pega o telefone atende e nem se dá conta que está dirigindo com apenas uma mão, enquanto fala com aquela amiga sobre as novidades daquela boutique e que os preços estão imperdíveis e de repente... Silêncio na linha. Sua amiga te chama uma, duas, três vezes após um som ensurdecedor na ligação interromper a conversa. Uma jovem de apenas 25 anos morre ao volante, vítima de uma batida entre um caminhão e um ônibus. A perícia identificou que a mesma estava acima da velocidade permitida e com ajuda das imagens das câmeras de monitoramento constatou-se que a jovem dirigia falando ao celular.

A era moderna nos tem dado muitas vantagens, como por exemplo, a tecnologia e também as facilidades de conexão com o mundo. São hardwares, softwares e dispositivos de comunicação cada vez mais modernos, que ao mesmo tempo nos auxiliam, mas também têm nos levado a uma vertiginosa queda em um abismo de individualismo e egocentrismo. Mantendo os olhos nas telas dos Smartphones nos esquecemos de olhar o horizonte em busca de dias melhores.

Quando vamos parar de dizer que a culpa é da concessionária que administra uma via ou do Governo que não dá as devidas manutenções? Quando nem ao menos tiramos o pé do acelerador e não prestamos atenção no que está a nossa volta? Quando escolhemos atender uma ligação ou responder uma mensagem enquanto estamos no volante escolhemos enfrentar as conseqüências resultantes daquele ato.

A educação no trânsito é de vital importância, pois quanto mais pessoas conscientes, mais paz teremos. Mas, para isso precisamos tirar os olhos das telas dos celulares e voltar a olhar as pessoas nos olhos e ver o que nos rodeia.

Olhe no banco ao lado e perceba que a vida ali é tão importante quanto a sua. Veja o carro que está na mesma via e olhe os rostinhos das crianças sentadas indo para o passeio de final de semana. Poderiam ser seus filhos! Olhe o senhor que espera o sinal abrir para ele poder atravessar e que com dificuldade caminha pela faixa debaixo do calor do sol. Fazemos parte de algo tão lindo e grandioso, que nem percebemos que estamos conectados, não aos aplicativos e aos dados, mas a vida. Portanto, quando escolher pegar o volante escolha a vida e pense em maneiras de preservá-la. Vamos quebrar esse círculo vicioso, que tem acabado com nossa paz no trânsito.

Rodrigo Da costha é Diretor Presidente do Portal O Giro ES 24 Horas;
Tecnologia do Blogger.