Câncer tem cura. Previna-se

Atletas de Aracruz disputam etapa nacional do Campeonato de Duathlon

A competição será no domingo (22) em Barueri (SP) e a expectativa é que os atletas obtenham resultado que os credencie a participar do mundial, em 2018

Matheus Ribeiro, Gustavo Cabidelli e Karolayne Santos junto com Treinador Jorginho. Foto: divulgação

Matheus Ribeiro, Gustavo Cabidelli e Karolayne Santos moram em Santa Cruz, no município de Aracruz (ES), e têm alguns pontos em comum: têm 16 anos, são de família de baixa renda e são diferenciados quando o assunto é a prática do triathlon. Eles acabam de conquistar um aliado importante no mundo esportivo: patrocínio empresarial. Os atletas são patrocinados pela INFLOR, empresa capixaba que é líder latino-americana no desenvolvimento de software para o setor florestal.

E o primeiro desafio do trio será no domingo (22), em Barueri (SP), onde acontece a etapa do Campeonato Brasileiro de Duathlon. Eles viajam no sábado (21), tendo a viagem, hospedagem, alimentação e uniformes custeados pela INFLOR. Esta é a primeira vez que a empresa patrocina esse tipo de ação e é uma forma de exercer sua cidadania empresarial, viabilizando a participação de atletas de baixa renda em competições importantes, segundo explica Guilherme Brunoro, Gerente de Marketing e Ecossistemas da INFLOR.

Os três atletas participam do projeto “Além do muro escolar”, coordenado pelo professor e treinador Jorge Augusto Curto de Oliveira, que trabalha com adolescentes de baixa renda e em situação de risco social. Ele está confiante no desempenho dos atletas e acredita que tenham condições de conseguir boa colocação na etapa de Barueri, que é uma seletiva para o mundial de 2018.

Matheus, Gustavo e Karolayne competem na categoria “iniciante” e já colecionam bons resultados nas provas em que participaram. Matheus venceu o Campeonato Capixaba de Triathlon 2016 e Karolayne foi 3º lugar na mesma competição. O treinador acredita no potencial do trio e destaca que a participação em competições com atletas de nível elevado contribui para a evolução da performance.

Os três competidores geralmente participavam das provas com uniformes emprestados de outros atletas e com equipamentos que o treinador Jorge Augusto consegue. “Eu não tinha uniforme para competir, usava um emprestado. Agora, com o patrocínio, eu quero crescer dentro do esporte e participar de campeonatos maiores”, diz Karolayne.

Matheus também está animado: “O patrocínio é uma motivação a mais para a conquista de bons resultados na competição”, destaca ele, que diz estar confiante. Matheus, Karolayne e Gustavo estão no caminho para despontar na modalidade esportiva mais completa por reunir as três principais provas do atletismo: natação, ciclismo e corrida. Boa sorte ao trio!
Tecnologia do Blogger.