Câncer tem cura. Previna-se

Comitiva capixaba visita Porto de Charleston


O governador Paulo Hartung e a comitiva capixaba visitaram o Porto de Charleston, um dos principais e mais competitivos complexos portuários da Costa Atlântica dos Estados Unidos da América (EUA). O principal terminal de contêineres movimenta 20 mil TEUs (unidade de medida equivalente a um contêiner de 20 pés) por semana e, graças a um grande investimento em dragagem ainda em andamento, o Porto já recebe, semanalmente, mega navios post-Panamax, com capacidade para 13 mil contêineres.
O porto de Charleston já movimenta importantes volumes de carga do Brasil e para o Brasil, inclusive café e rochas ornamentais. O desafio, agora, será articular a viabilização de linhas diretas de navegação entre Charleston e os portos capixabas. “Foi muito interessante, por sinal, que representantes do Porto da Imetame e da Fibria, que tem o Portocel, pudessem conhecer o porto de Charleston e abrir canais novos e muito promissores. Em seguida, visitamos a dinâmica retroárea portuária de Charleston, especificamente um galpão recém-construído, que se prestaria a ser uma grande plataforma para acesso de produtos capixabas no mercado dos EUA”, informou o governador Paulo Hartung.

Tecnologia do Blogger.