Paulo Hartung reassume Governo e anuncia que estudantes da rede estadual vão aprender mandarim



Paulo Hartung reassumiu o comando do Governo do Estado na tarde desta quinta-feira (23). A reassunção foi realizada no gabinete, no Palácio Anchieta, em Vitória, e contou com a presença de membros do Poder Executivo Estadual. Hartung retornou ao país após participar do “Encontro de Altas Autoridades Brazil Rising – Uma Nova Gestão Pública para um Novo Brasil", realizado do último dia 19 ao dia 21, em Connecticut, nos Estados Unidos da América. O evento foi uma realização da Fundação Lemann. Após reassumir o cargo, Hartung anunciou que, em 2018, a unidade Escola Viva Profº Fernando Duarte Rabelo e o Centro Estadual de Idiomas (Cei) de Vitória serão contemplados com aulas de mandarim.
Durante a coletiva de imprensa, o governador Paulo Hartung destacou a importância da inclusão de uma nova língua na rede estadual e que a ação está conectada com objetivo do Estado que é avançar em políticas públicas transformadoras conectadas com os desafios atuais.  “Vamos introduzir mandarim em nossa rede e, para isso, estamos buscando parcerias para avançarmos com recursos importantes, principalmente, com recursos humanos, para auxiliar na orientação e capacitação de nossos jovens”, destacou Paulo Hartung.
Além das aulas de mandarim no currículo, foi anunciado também mais 130 novas vagas para bolsas de intercâmbio e a implantação de dois novos Centros Estaduais de Idiomas, em Linhares e São Mateus, oportunizando vagas para mais mil jovens.
Hartung resgatou que o Poder Executivo Estadual possibilita aos estudantes da rede pública também a participação em intercâmbios. “Todo ano enviamos jovens bem-sucedidos, escolhidos por meritocracia, para participarem de intercâmbios. Outra novidade, é que vamos abrir mil vagas para os estudantes aprenderem uma segunda língua nos municípios de Linhares e São Mateus. Acredito que são ações convergentes e que abrem novas janelas de oportunidade no campo do conhecimento”, ponderou.
Mandarim nas escolas
A Secretaria de Estado da Educação (Sedu) está firmando uma parceria com o Instituto Confúcio, que é uma organização sem fins lucrativos, com sede em Pequim, cujo objetivo é promover a língua e a cultura da China em todo o mundo.
“Estamos conversando há um ano e recentemente conheci a experiência do Instituto no Rio de Janeiro. A ideia é acrescentar a experiência e o material pedagógico oferecido pelo instituto, com objetivo de agregar aos estudantes diferentes modalidades de aprendizagem da língua. Inicialmente, vamos firmar parceria para atendimento em uma unidade Escola Viva e um Centro Estadual de Idiomas”, ressaltou o secretário Haroldo Rocha.
Para a diretora chinesa do Instituto Confúcio, Ana Qiao, “o mandarim é a língua mais falada em todo o mundo. Temos parceria em 145 países. A importância e a influência mundial da China são cada vez maiores. Todos os países têm que estar mais abertos a esses programas culturais”, destacou.
A estudante da Escola Viva Profº Fernando Duarte Rabelo Yasmim Ferreira Teixeira comemorou o ensino do mandarim. “Vai ser muito bom. Sempre tive curiosidade de conhecer a cultura chinesa. A China hoje é um importante país atuante no mercado internacional. Hoje, já curso o de inglês e aprender o mandarim vai abrir ainda mais portas no futuro”.
Intercâmbio Sedu
No ano que vem, mais 130 estudantes também terão a oportunidade de aprimorar o conhecimento nas Línguas Inglesa ou Espanhola.  É que as vagas no Programa Intercâmbio Sedu foram ampliadas. Serão bolsas de estudo para os países: Canadá, Estados Unidos, Inglaterra e Chile.
O Programa de Intercâmbio é uma ação realizada, desde 2010, que tem como objetivo de possibilitar aos estudantes Centro Estadual de Idiomas (CEI), que possuem bons resultados no curso, a oportunidade de concorrer a vagas de estudo no exterior e aprimorar o idioma estudado. Desde o início, 373 estudantes já participaram do programa.
As 130 vagas de intercâmbio serão distribuídas em: 40 bolsas na modalidade High School (para estudantes com idade entre 15 e 16 anos), 80 bolsas na modalidade Curso Intensivo de Inglês (para estudantes maiores de 17 anos cursando inglês) e 10 bolsas na modalidade Curso Intensivo de Espanhol (para estudantes maiores de 16 anos cursando espanhol). Um investimento de R$ 2,3 milhões do Governo do Estado.
As inscrições para concorrer a uma vaga serão abertas a partir desta sexta-feira (24) e vão até o dia 30 de novembro. Elas devem ser efetuadas, exclusivamente, pela Internet, no endereço eletrônico www.selecaoaluno.es.gov.br/idiomas.
Podem participar do processo seletivo, exclusivamente, estudantes matriculados ou concluintes no mês de julho de 2017 no Centro Estadual de Idiomas e que estejam cursando o Ensino Médio em escola da rede pública estadual até dezembro 2017.
Para fazer a inscrição, o estudante deverá verificar se seu nome encontra-se na lista de apto para concorrer a uma vaga.  Para ser apto, o estudante precisa ter alcançado frequência e rendimento mínimo de 95% no desempenho acadêmico no CEI.
O edital com todas as informações será divulgado nesta sexta-feira (24), no Diário Oficial de Estado e também no site da Sedu www.educacao.es.gov.br.
Novos Centros Estaduais de Idiomas
Mais dois novos Centro Estaduais de Idiomas (CEI) serão implantados, em 2018, nos municípios de Linhares e São Mateus. Cada CEI abrirá 500 vagas, totalizando mais 1.000 estudantes que vão aprender um segundo idioma.
O Governo do Espírito Santo criou o Centro Estadual de Idiomas (CEI), em 2009, para a oferta de língua estrangeira aos estudantes do ensino médio da rede pública estadual com boas notas e frequência escolar. O objetivo é propiciar a oportunidade de aprendizagem do idioma para uso nas diversas situações em que seu conhecimento é necessário.
As atividades começaram com cursos de inglês em seis unidades no Estado – Vitória, Vila Velha, Serra, Cariacica, Cachoeiro de Itapemirim e Colatina. Em 2012, foi iniciada a oferta de curso de espanhol nas unidades da Grande Vitória. Atualmente, os CEIs atendem 5.310 estudantes do ensino médio da rede pública estadual de ensino.
Interinidade
Durante a interinidade, César Colnago participou de importantes agendas de diferentes áreas, como saúde, infraestrutura, educação e cultura. “Foi um período de muito trabalho e resultados positivos. Tive a oportunidade de participar de aulas inaugurais do OportunidadES em Vitória e em Vila Velha; verifiquei o acompanhamento de obras de estradas e barragem em Itaguaçu; assinamos convênios liberando quase R$ 36 milhões para a saúde de todo o Estado e outros R$ 6,5 milhões para pavimentação de ruas em Cariacica. Na última segunda (20), estivemos em São Mateus, para onde transferimos a capital do Estado, em comemoração do Dia Nacional da Consciência Negra”, resumiu.


Tecnologia do Blogger.