Câncer tem cura. Previna-se

PM e Corpo de Bombeiros abrem concurso com 437 vagas

A Polícia Militar do Espírito Santo e o Corpo de Bombeiros vão abrir concurso público com 437 vagas. O anúncio foi feito nesta quinta-feira (9) pelo governador Paulo Hartung. O edital deve sair até o início de dezembro. Ainda não há data para início das inscrições.
Para a PM, serão 310 oportunidades, distribuídas pelos cargos de soldado (250), oficial (30), policial médico do HPM (20) e músico (10). Para bombeiros, são 120 soldados e 7 oficiais.
Os interessados devem ter o nível médio e idades entre 18 e 28 anos. 
O concurso foi anunciado pelo governador em setembro, durante a divulgação do Projeto de Lei Orçamentária 2018.
Os últimos concursos para soldado e oficial foram lançados em 2013. Na última seleção, o cargo de soldado tinha como remuneração R$ 2,6 mil, enquanto para oficiais no primeiro ano do curso o subsídio era de R$ 2.355,12, podendo chegar a R$ 5.516,10 após a formação.
Já o Corpo de Bombeiros teve o último edital publicado no final de 2010.

Provas Concurso PM ES 2017

Os candidatos deverão ser avaliados por prova objetiva e redação. Se aprovados nestas etapas, os candidatos deverão passar ainda por exame de aptidão física (TAF), exame psicossomático, investigação social, exames de saúde e curso de formação.
No último concurso os candidatos foram avaliados por questões de Língua Portuguesa (40) e Matemática (30).

Requisitos Gerais – Ingresso Concurso PM ES

a) ser brasileiro (a);
b) ter altura mínima descalço e descoberto, de 1,65m (um metro e sessenta e cinco centímetros) para homens e de 1,60m (um metro e sessenta centímetros) para mulheres;
c) estar em dia com as obrigações eleitorais e no pleno exercício dos direitos políticos, mediante apresentação de certidão expedida pela Justiça Eleitoral;
d) estar em dia com suas obrigações militares se for do sexo masculino, devendo ser portador do certificado de reservista ou de dispensa de incorporação, e não ter sido afastado do serviço militar, seja por reforma, demissão, licenciamento ou exclusão a bem da disciplina, seja por incapacidade física ou mental definitiva, em qualquer das Forças Armadas ou Auxiliares;
e) ser aprovado no presente concurso público, dentro do limite de vagas, conforme o presente edital;
f) estar em dia com toda a documentação exigida, para apresentação na data estipulada pelo presente edital;
g) ser aprovado no exame de aptidão física, realizado por meio de Teste de Avaliação Física (TAF), conforme Anexo II do presente edital;
h) ser aprovado no exame psicossomático, conforme o Anexo III do presente edital;
i) ser aprovado nos exames de saúde que comprovem a capacidade física para exercício do cargo, conforme o Anexo IV do presente edital;
j) ser aprovado em teste de avaliação toxicológica, “antidoping”, do tipo “janela de larga detecção” ou outro de aferição superior, realizado em caráter confidencial e comprovado pela Diretoria de Saúde da PMES, podendo o teste ser realizado através de coleta e análise a qualquer momento do processo seletivo, a critério da PMES, inclusive durante o curso de formação;
k) ser aprovado em investigação social, apresentando idoneidade moral, comportamento irrepreensível e ilibada conduta pública e privada, comprovada documentalmente por certidão de antecedentes criminais, certidões negativas emitidas pela Justiça Federal, Estadual, Eleitoral e Militar, além de outros levantamentos necessários procedidos pela instituição, a fim de atestar a compatibilidade de conduta para o desempenho do cargo;
l) não apresentar tatuagem definitiva situada em membros inferiores, superiores, pescoço, face e cabeça, que não possa ser coberta por uniforme de educação física da corporação, composto por calção ou short, camiseta de manga curta e meia de cano curto, ou outras tatuagens que acarretem a identificação do policial, possibilitando o seu reconhecimento e ameaça à sua segurança;
m) possuir Carteira Nacional de Habilitação (CNH) ou permissão para dirigir automóvel, no mínimo na categoria “B”;
n) ter, no mínimo, 18 (dezoito) anos de idade na data de matrícula no curso de formação e, no máximo, 28 (vinte e oito) anos de idade no primeiro dia de inscrição no concurso; 5
o) ser aprovado com aproveitamento no Curso de Formação de Soldado Combatente (CFSd) QPMP-C – etapa do presente concurso;
p) ter nível médio de escolaridade, devidamente comprovado por meio de diploma, certificado ou declaração, reconhecido legalmente por Secretaria da Educação de qualquer das Unidades Federativas do país ou pelo Ministério da Educação e Cultura;
q) ter conhecimento do Hino Nacional Brasileiro (art. 40 da Lei Federal 5.700/1971).
Tecnologia do Blogger.