Leia após a publicidade



A noite dessa quinta-feira (21) foi de festa e realizações: 220 jovens moradores dos bairros atendidos pelo Programa Ocupação Social, coordenado pela Secretaria de Estado de Direitos Humanos (SEDH), receberam seus diplomas dos cursos ofertados pelo Sesi, pelo Senai e pelo Sebrae. O evento foi realizado no auditório do Sistema Findes, na Avenida Nossa Senhor da Penha, em Vitória.

Os alunos concluíram os cursos de auxiliar de escritório, ajudante de cozinha, eletricista, instalador de antena digital, soldador, montador e reparador de computadores, pintor e empreendedorismo, todos realizados gratuitamente graças à parceria com o Sesi, o Senai e o Sebrae, com apoio das comunidades que cederam os locais para realização das aulas.

“Gostaríamos de agradecer aos nossos parceiros por esta oportunidade. É uma grande alegria e satisfação estar aqui fazendo a entrega desses certificados. Este é um claro sinal de que acreditamos no potencial de vocês e esperamos fazer muito mais em 2018. Nossos parceiros do Ocupação Social são fundamentais para o sucesso do Programa e esta é uma vitória de todos”, enfatizou a subsecretária de Ações Estratégicas da SEDH, Lucia Dornellas.

O diretor Superintendente do Sesi e Diretor Regional do Senai, Luis Carlos Vieira, parabenizou os formandos: “Imagino que para muitos de vocês, estar neste prédio, recebendo esses certificados, podia parecer algo muito distante e por isso mesmo fizemos questão de realizar a formatura aqui, no auditório da Findes. Para mostrar que vocês também podem ocupar este lugar e nosso desejo para 2018 é podermos fortalecer as parcerias e promover ainda mais oportunidades aos jovens que queiram estudar, aprender e se capacitar. Espero encontrá-los trabalhando conosco e breve e alçando novos voos”, disse Luis Carlo Vieira.

Ocupação Social
O Programa Ocupação Social tem como principal objetivo a redução dos índices de homicídio entre os jovens, que atualmente representam 40% das vítimas de crimes contra a vida no Estado. O programa atua em 26 bairros da Grande Vitória e do interior do Espírito Santo identificados como áreas de alto índice de risco. Para mudar essa realidade, o Ocupação Social busca levar oportunidades, como cursos profissionalizantes, aos jovens moradores destas áreas vulneráveis.

Tecnologia do Blogger.