Leia após a publicidade




As rodovias federais do Espírito Santo registraram 201 mortes em acidentes de trânsito em 2017, segundo o balanço divulgado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) nesta sexta-feira (19). O número é o mesmo registrado em 2016.
Inicialmente, a PRF nacional havia informado que foram 187 mortos. No entanto, na tarde desta sexta-feira, a PRF-ES atualizou a informação e disse que foram 201 mortes no estado em 2017.
Ao todo, aconteceram 3.986 acidentes, onde 3.401 pessoas ficaram feridas. Dentre os feridos, 890 foram graves.
Se levarmos em conta os acidentes que aconteceram em todo o Brasil, o Espírito Santo é o 11º estado com mais acidentes.
O estado de Minas Gerais, vizinho ao Espírito Santo, foi o que mais registrou no país - foram 14.398 acidentes em 2017. É desse estado também o maior número de mortes, foram 834 só em 2017.

Acidentes

Em 2017, dois graves acidentes ficaram na memória da população capixaba. No dia 22 de julho, 23 pessoas morreram na BR-101 em Guarapari, em um acidente que envolveu um caminhão, um ônibus e duas ambulâncias, considerado a maior tragédia rodoviária do estado até hoje.
Acidente envolvendo duas ambulâncias, uma carreta e um ônibus deixou 23 mortos na BR-101 (Foto: JEFFERSON ROCIO/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO)Acidente envolvendo duas ambulâncias, uma carreta e um ônibus deixou 23 mortos na BR-101 (Foto: JEFFERSON ROCIO/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO)
O outro acidente aconteceu dois meses depois, no dia 10 de agosto, também na BR-101, em Mimoso do Sul. Na tragédia, 11 pessoas morreram e 9 ficaram feridas. Colidiram dois caminhões, um carro e um micro-ônibus, que transportava membros de um grupo de dança.
O micro-ônibus e um dos caminhões pegaram fogo. Todas as vítimas estavam no 
Tecnologia do Blogger.