Leia após a publicidade



A época mais quente do ano é um dos melhores períodos para aproveitar as praias e cachoeiras do Espírito Santo. Para não acabar com a diversão, além do filtro solar, os capixabas não devem abrir mão de ter uma alimentação saudável para evitar a desidratação e a intoxicação alimentar, problemas bem recorrentes nesta estação.
Os cuidados com a alimentação incluem realizar de cinco a seis refeições por dia, e evitar alimentos que são preparados com produtos que estragam com facilidade como a maionese, o leite e os ovos. Escolher frutas, lanches saudáveis e saladas preparadas em casa, pode ser uma ótima opção.
Os alimentos gordurosos devem ser evitados, pois são mais difíceis de serem metabolizados nos dias mais quentes e podem causar a sensação de mal-estar. No verão, o consumo de líquidos deve ser maior para evitar a desidratação. Por isso, sucos, vitaminas, frutas e a famosa água de coco não podem faltar.
Segundo o nutricionista Thallyan Simonassi, durante o verão é melhor optar por alimentos ricos em vitaminas e sais minerais, para não ter uma desidratação. “Devido ao calor causado pelo verão, suamos muito e, assim, perdemos muita água e sais minerais. Por isso, é importante nos alimentarmos bem e tomar no mínimo dois litros de água por dia”. 
Frutas da estação
As frutas têm um importante papel, sendo fonte de hidratação por conter em suas substâncias grande quantidade de água. Uma ótima opção é a melancia. A fruta possui 92% de água em sua composição e, além de doce e saborosa, possui vários nutrientes benéficos para a saúde, como o licopeno e glutationa, responsáveis por proteger o organismo contra a oxidação celular.
Outra fruta que possui bastante água é a laranja, que além de consumida in natura pode ser usada no preparo de sucos. A laranja contém 89,6% de água em sua composição. O abacaxi, produto da safra, possui 83% de água.  Já o melão, possui 80%.
Economia
Com o início do verão a procura por frutas tropicais aumentou no mercado das Centrais de Abastecimento do Espírito Santo (Ceasa/ES). O coco verde chegou a registrar 40% de aumento nas vendas em dezembro. A fruta que é muito vendida nas praias, quiosques, bares e restaurantes, pode ser encontrada no mercado da Ceasa/ES custando R$1,10 a unidade.
A melancia registrou no mês de dezembro um aumento de 18% no número de oferta. O preço da melancia esta R$1,20 o quilo. Já o melão e a laranja registraram aumento de 7% no número de vendas em dezembro. O melão está sendo ofertado na Ceasa variando entre R$1,77 a R$5,55 o quilo. A laranja está sendo vendida de R$0,99 a R$3,56 o quilo, dependendo da variedade.
O abacaxi está na safra e com um preço bem acessível ao consumidor, o produto pode ser encontrado na Ceasa custando R$1,10 o quilo. Outros preços, você pode conferir no boletim diário de preços, no sitewww.ceasa.es.gov.br.

Tecnologia do Blogger.