Leia após a publicidade


Patrícia Bretz é médica ginecologista e obstetra

No Verão as mulheres querem desfilar os corpos desenhados no projeto inverno, ir a praias, piscinas e curtir o sol...Mas, são necessários alguns cuidados redobrados para que a viagem tão esperada não se torne uma tormenta e te leve a um pronto-socorro ginecológico.

A umidade é o vilão das mulheres no verão, pois o biquíni molhado favorece a proliferação de fungos, e com eles a presença de um corrimento esbranquiçado, grumoso, que causa coceira e irritação - a chamada Candidíase Vaginal. E como coça a tal da Candidíase, só quem teve sabe o desconforto que é...

Quando for a praia o ideal é desfilar biquínis, e sempre trocá-los após entrar no mar, ou mesmo após banhos de piscina. Ao chegar em casa e ao dormir, evitar uso de calcinhas, priorizando roupas leves. Uma dica incrível e do tempo das vovós é secar a região íntima externamente com um secador no morno, até ficar bem sequinha. 

E no banho utilizar uma pequena quantidade de bicarbonato de sódio, o que vende no mercado mesmo...e em alguns casos de maior irritação banho de assento com chás de camomila.

As melhores calcinhas são as de algodão, que devem sempre ser muito bem higienizadas e secas. Cuidado redobrado com quem mora em apartamentos e não tem aonde secar adequadamente as roupas, nestes casos é melhorar passar bem os forros até que seque por completo.

Não lavem e deixem secar as calcinhas no banheiro, isso favorece o crescimento dos temidos fungos, que podem ser identificados com os pontinhos pretos no forro da calcinha, quando persiste uma umidade residual.

Também não podemos esquecer de nos hidratar bastante e não segurar a urina. Para hidratação, priorize água, água de coco e sucos naturais, evitando o excesso de bebidas alcoólicas.

Caso as relações sexuais se intensifiquem também é interessante sempre urinar um pouquinho logo após. Isso evita a infecção urinária. Namorou, corre para o banheiro fazer um xixi, higienizar a região intima e depois volta para ficar abraçadinha.

Uma dica muito importante é lavar suavemente a região vulvar, evitar esfregar em excesso para que não se retire a defesa natural da pele e mucosa.

Para as gravidinhas: não se esqueçam dos repelentes e conforme o local de viagem checar o calendário vacinal, com atenção especial à febre amarela.

E muito, mas muito protetor solar e chapéu, pois o melasma, as manchinhas do rosto dificilmente desaparecem, mesmo após o término da gravidez e com tratamentos específicos.

Hidratação e cuidados redobrados com quedas de pressãosão importantes. Com o excesso de calor, os desmaios podem ser mais frequentes, principalmente à noite sempre se levantemcom cuidado: primeiro virar de lado, sentar, ficar de pé ao lado da cama e após sair andando, ao invés de levantar e sair correndo de uma vez.

Os cuidados de alimentação também devem ser feitos: alimentos leves e muito bem higienizados. Evitem alimentos crus, frituras em locais de procedência duvidosa, já que na gravidez estamos mais susceptíveis às doenças gastro-intestinais.


Patrícia Bretz
CRM 120096
Medica Ginecologista e Obstetra
Tecnologia do Blogger.