Leia após a publicidade


Em 2015, o parque aquático “Yahoo!”, considerado o maior do Estado, fechou as portas. A atração, localizada em Manguinhos, no município da Serra, foi construída em uma área de 107.867,45 m, e pode se tornar, em breve, um loteamento de casas.
Na época, diversos rumores foram levantados a respeito do que seria feito no local. Uma das hipóteses era de que um condomínio fechado seria construído na região. Porém, o projeto não vingou.
Agora, três anos após o encerramento das atividades, surgiu a nova proposta.
O decreto, que autoriza o loteamento do “Yahoo Residence”, é do último dia 4 de janeiro e foi publicado, na última quarta-feira, no Diário Oficial.
No texto, a área privativa de lotes compreenderá um total de 69.347,48 m, com 13 quadras e até 213 lotes possíveis.
Já uma área de 70.831,87 m do total não poderá ser loteada por ser considerada área de proteção ambiental.
Agora, os sócios-proprietários têm o prazo de 180 dias, contados a partir da data da aprovação do projeto, para fazer a inscrição do loteamento no Cartório de Registro Geral de Imóveis.
Um dos sócios que preferiu não ser identificado, explicou que, durante o tempo de processo de registro, estão sendo providenciadas todas as certidões e todos os projetos complementares para ligação de água, esgoto, energia e drenagem.
De acordo com ele, nenhuma construtora demonstrou interesse em comprar a área e, por conta disso, ainda não é possível ter definições mais aprofundadas sobre o terreno.
“É um processo demorado. São aproximadamente 60 dias e após isso é que se consegue fazer projetos para começar os lançamentos de venda”, explicou.

Fechamento

As principais causas apontadas por um dos sócios-proprietários para o fechamento do parque em 2015 foram os custos elevados com água e energia, além da crise econômica que chegou ao país.
“Os custos com água e energia para a manutenção do parque na época eram muito altos. Cerca de 20% das despesas do parque era só com a energia. Além disso, as pessoas pararam de investir em lazer”, explicou.
Tecnologia do Blogger.